Redação Pragmatismo
Música 09/May/2018 às 12:41 COMENTÁRIOS

Clipe de 'This is America' é tapa na cara da hipocrisia dos EUA

Lançado há 3 dias, clipe 'This is America' incomoda, alcança recordes de visualização e já é considerado o videoclipe do ano. Produção une ironia e tensão para criticar a violência contra a população negra nos Estados Unidos

Clipe de This is America hipocrisia dos EUA negros armas de fogo

Talento é o que não falta para Donald Glover.

Ator, roteirista e criador da premiada série Atlanta, o artista norte-americano também tem uma sólida carreira musical sob a alcunha de Childish Gambino. Seu último álbum, Awaken, My Love, lançado em 2016, teve 5 indicações ao Grammy, incluindo a de Álbum do Ano.

No último sábado (5), ele participou do humorístico Saturday Night Live e, além de participar de esquetes, lançou duas músicas inéditas: Saturday e This is America – esta segunda, com uma “pegadahip-hop, também teve um videoclipe divulgado no YouTube ao final da atração.

E as imagens, atreladas à letra da música, logo se transformaram em debate nas redes sociais.

Trata-se de um registro audiovisual incômodo, que combina ironia e violência explícita na abordagem de temas ligados à tensão racial nos Estados Unidos. Dirigido por Hiro Murai, colaborador de longa data de Glover – responsável, inclusive, por diferentes episódios de Atlanta -, o clipe apresenta Childish Gambino sem camisa em um grande galpão, cuja atmosfera vai da calmaria ao caos.

Ele dança, sorri, brinca e faz disparos à queima-roupa. As vítimas na tela são sempre pessoas negras. “This is America” (Esta é a América), repete a persona de Donald Glover ao longo da música enquanto atira em um homem negro encapuzado e metralha um coral gospel de jovens negros.

This is America faz crítica provocadora ao porte de armas, à violência policial e recorda de forma gráfica episódios chocantes da história recente dos EUA – como o caso do massacre de nove membros de uma igreja da comunidade negra de Chatleston, em 2015.

Assista ao clipe abaixo:

O porte de armas na “América” e as referências de Glover

Nos EUA, os estados é que são responsáveis por regulamentar o porte de armas de fogo. De acordo com dados da organização Gun Violence, o país registra um tiroteio com vítimas por dia. Só neste ano, até o mesmo de maio, ocorreram 85 tiroteios em massa em território americano. Dados divulgados em 2017 pela mesma instituição apontam que a taxa de homicídios por arma de fogo é 25 vezes mais alta nos EUA que nos outros países desenvolvidos.

No Twitter, diversos usuários tentaram decifrar as referências explícitas e implícitas no clipe de This is America, single que deve compor o novo disco de Childish Gambino, ainda sem data de lançamento definida. Gabi Oliveira, youtuber e ativista pontuou 7 referências à realidade da população negra nos Estados Unidos – e deixa ainda mais explícito o cunho provocativo e político do clipe.

Leia também:
Menina de 13 anos é assassinada pelo irmão de 9 com arma de fogo
Mulher mata companheiro acidentalmente em vídeo ao vivo com disparo de arma
Defensora do porte de armas assassina as filhas e inflama debate nos EUA
Sonho americano? Conheça 10 fatos chocantes sobre os EUA
Atentado nos EUA: para salvar, não adianta chorar
Michael Moore: Por que nós, estadunidenses, assassinamos tanto?

Amauri Terto, Huffpost

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários