Redação Pragmatismo
Esporte 06/Jun/2019 às 14:30 COMENTÁRIOS

Campanha da Mastercard com Neymar é suspensa após acusação de estupro

Mastercard suspende campanha com Neymar após acusação de estupro. Empresa diz que propagandas com o jogador não serão transmitidas 'até que assunto seja resolvido'

Campanha da Mastercard com Neymar é suspensa após acusação de estupro
(Imagem: Captura de tela)

A Mastercard decidiu suspender a veiculação de uma campanha que contava com Neymar como garoto-propaganda e seria transmitida durante a Copa América. A peça só deve ser veiculada se houver um desfecho nas investigações envolvendo o atacante.

Neymar foi acusado de estupro por uma modelo e é investigado pela polícia civil pelo vazamento de fotos íntimas da mulher, na divulgação de uma conversa de WhatsApp dos dois.

O jogador, que é embaixador da marca, foi cortado da seleção brasileira nesta quinta-feira, 6, após ser constatada uma ruptura de ligamentos do pé direito na lesão sofrida durante o amistoso entre Brasil e Catar, na noite de quarta. Com isso, o atacante está fora da disputa da Copa América, competição da qual a Mastercard é patrocinadora.

Nós temos uma série de ativações de marketing planejadas para o decorrer do campeonato que são focadas em promover o uso do pagamento por aproximação. Nós tomamos a decisão de parar aquelas ativações que incluem o embaixador da marca até que o assunto seja resolvido”, informou a Mastercard em nota, após ser questionada se a suspensão foi motivada pelo caso policial ou pelo corte do jogador do torneio.

Na última segunda-feira 3, a Nike, uma das principais patrocinadoras do jogador, mostrou preocupação com o desdobramento do caso. “Seguimos acompanhando de perto a situação”, declarou a fornecedora de material esportivo.

Investigações

Na madrugada do último domingo, o atacante do Paris Saint-Germain foi acusado de estupro pela modelo Najila Trindade Mendes de Souza, em um boletim de ocorrência registrado em São Paulo, mas referente a um ato que teria acontecido em Paris dias antes.

Em vídeo de aproximadamente 7 minutos publicado em sua conta pessoal do Instagram, Neymar apresentou sua versão sobre o caso e publicou trechos do que seria a conversa que teve com a garota. O diálogo, via WhatsApp, mostra fotos sensuais da mulher (conteúdo que pode configurar crime virtual e deverá ser justificado por Neymar em depoimento à Justiça do Rio de Janeiro no próximo dia 7), além de detalhes sobre o encontro combinado pelos dois na capital francesa, com os gastos de passagem e hospedagem arcados pelo atleta.

Na quarta-feira, Najila falou pela primeira vez publicamente sobre o caso. Em entrevista ao SBT, ela afirmou que viajou a Paris com o intuito de manter relações sexuais com Neymar, mas mudou de ideia ao encontrá-lo em um quarto de hotel, quando ele teria apresentado comportamento agressivo. Ela contou ainda que o estupro aconteceu quando perguntou se o atleta tinha preservativo: “Ele respondeu que não. Então eu disse que não ia acontecer nada além disso… e continuamos… Mas ele me virou e praticou o ato assim mesmo”, descreveu.

Minutos depois, um vídeo com um trecho do encontro vazou nas redes sociais. Nele, é possível ver Naijila batendo em Neymar e dizendo que o fazia pois havia apanhado dele na noite anterior.

A modelo diz que manteve conversas com o jogador e planejou um segundo encontro para poder filmá-lo e obter provas de que fora agredida e estuprada anteriormente. O atleta alegra que houve uma relação sexual consentida, nega ter praticado atos violentos e vê uma tentativa de extorsão na denúncia. A investigação do caso corre em segredo de Justiça.

Saiba mais:
“Meu incômodo é Neymar ter exposto meu filho”, diz ex-marido de Najila Trindade
Bonner comunica afastamento de Mauro Naves por envolvimento no caso Neymar
O que Neymar não disse sobre a acusação de estupro
Neymar se defende após acusação de estupro na França

Larissa Quintino, Revista Placar

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Comentários