Redação Pragmatismo
Eleições 2018 11/Out/2018 às 16:47 COMENTÁRIOS
Eleições 2018

Bolsonaro já humilhou beneficiários do Bolsa Família

Publicado em 11 Out, 2018 às 16h47

Jair Bolsonaro já desdenhou de beneficiários do Bolsa Família e chamou benefício social de “mentira”. Agora, em campanha eleitoral, candidato elogia o programa e promete 13º

Bolsonaro humilhou beneficiários do Bolsa Família

O candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou nesta quarta-feira (10) que vai incluir em seu plano de governo a proposta de instituir um 13º salário para os beneficiários do programa Bolsa Família.

Antes crítico do programa social, Bolsonaro agora diz que acabar com o benefício seria um “ato de desumanidade”.

Em vídeo gravado ao lado de dois deputados recém-eleitos pelo PSL, Bolsonaro conta que a sugestão foi feita pelo seu vice, o general Hamilton Mourão (PRTB), que há poucas semanas chamou de “jabuticaba” o 13º salário.

Segundo ele, a proposta foi aceita por seu guru econômico, o economista Paulo Guedes, já anunciado como ministro da Fazenda de um eventual governo Bolsonaro.

Veja o vídeo:

Fui consultado, consultei os dois aqui do lado, todo mundo deu sinal verde. Então entra no nosso plano de governo o 13º salário para quem ganha Bolsa Família. Essa despesa a mais vamos tirar da fraude, combatendo a fraude desse programa que, para muita gente, é essencial. Falar em tirar o Bolsa Família é ato de desumanidade. Muito pelo contrário, vamos fortalecer e dar pra quem necessita. Nordeste aquele abraço, muito obrigado”, declarou o candidato.

Com a proposta, Bolsonaro mira os eleitores do Nordeste, única região em que foi derrotado por Fernando Haddad (PT) no primeiro turno. Região que reúne também o maior número de beneficiários do programa social.

Em agosto do ano passado, durante visita à Festa do Peão em Barretos (SP), o deputado disse que prometer ampliar o programa de transferência de renda era uma “demagogia“.

Para ser candidato a presidente tem de falar que vai ampliar o Bolsa Família, então vote em outro candidato. Não vou partir para a demagogia e agradar quem quer que seja para buscar voto“, afirmou.

“Mentira”

Em 2012, em entrevista à Record News, Bolsonaro chamou o Bolsa Família de “mentira”.

O Bolsa Família é uma mentira, você não consegue uma pessoa no Nordeste para trabalhar na sua casa. Porque se for trabalhar, perde o Bolsa Família”, afirmou.

O benefício é concedido a famílias com renda mensal por pessoa de até R$ 89, além daquelas com renda familiar de até R$ 178 per capita e que tenham gestantes, crianças ou adolescentes. O programa, que atende 13,7 milhões de famílias, custou ao governo federal, em setembro, R$ 2,5 bilhões. O valor médio pago é de R$ 188,78.

Saiba mais:
O impacto do Bolsa-Família na educação das crianças que dele se beneficiam
Lula critica cortes no Bolsa Família: “Eles deviam viver um dia de pobre”
52 países se inspiraram no modelo do Bolsa Família
O Programa Bolsa Família e a dor de cotovelo da Sociedade Capitalista
Três perguntas para quem odeia o Bolsa Família

“Jabuticaba”

No mês passado o vice de Bolsonaro criticou o direito a férias e o pagamento de 13º salário a trabalhadores. Após a repercussão do episódio, o presidenciável desautorizou o vice pelo Twitter e afirmou que, ao criticar o 13º, o general Hamilton Mourão fazuma ofensa a quem trabalha” e “confessa desconhecer a Constituição“.

Para Mourão, os direitos previstos aos trabalhadores são “jabuticabas” – ou seja, só ocorrem no Brasil – e “mochila nas costas de todo empresário”. “E temos algumas jabuticabas que a gente sabe que é uma mochila nas costas de todo empresário” (sic), diz Mourão, que prossegue citando o 13º salário como uma das “jabuticabas”.

Leia também:
A influência do agronegócio no voto em Jair Bolsonaro
Proposta de Bolsonaro para a economia regride a liberalismo pré-Geisel
Ideia do vice de Bolsonaro tira R$ 200 bilhões do trabalhador e da economia
Austeridade e autoritarismo: falsas respostas para uma crise
Veja expõe o “posto Ipiranga” de Jair Bolsonaro e esconde o candidato
Jair Bolsonaro em rota de colisão com Paulo Guedes
Renda mínima aparece em plano de governo de Bolsonaro
Agência de checagem expõe declarações mentirosas de Jair Bolsonaro
Militante pró-Bolsonaro e crítica de programas sociais recebe Bolsa Família

Congresso em Foco

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendações

Comentários

  1. AndersonWergutzFlip Postado em 06/Jul/2019 às 13:58

    Estes chupins só querem saber de mamata. Só querem saber de bolsa isso, bolsa aquilo e impostos altos sobre a renda. Por quê? Ora, detestam trabalhar. Detestam estudar. Detestam acordar cedo, tomar transporte público e produzir algo durante um dia inteiro. Logo, a única maneira de beberem, fumarem maconha, vestirem aquelas roupas ripongas e passarem a vida falando merda, é tungar o dinheiro de quem trabalha.

  2. AndersonWergutzFlip Postado em 06/Jul/2019 às 13:58

    Bolsonaro isso, Bolsonaro aquilo e blá blá blá.... Me apontem um comunista que goste de pobre de verdade. Um que coma ao lado deles, que more nos mesmos bairros, que frequente os mesmos locais de lazer. Cansamos de assistir recentemente à Gleisi Hoffmann e Lindbergh Farias almoçando em churrascarias famosas enquanto manifestantes almoçavam pão com salame nas ruas. O chefão do MST anda de caminhonete e seus zumbis a pé. Procurem saber onde moram os manda-chuvas da CUT, da UNE e outras porcarias do tipo. Não há um só favelado! Essa gente detesta pobre e pobreza, essa é a verdade.

  3. Robby Souza Postado em 06/Jul/2019 às 13:58

    https://uploads.disquscdn.com/images/96ea757ad087af632cd7cc86dfe5e69d1f28d95805a927fe9f2db48cbfcea652.png.

  4. Robby Souza Postado em 06/Jul/2019 às 13:58

    https://uploads.disquscdn.com/images/fa76497b23c3d8ed6312c89b23533e6fdba1ac706a7825b3fb252e70a3583d1d.png