Redação Pragmatismo
Eleições 2018 18/Sep/2018 às 08:05 COMENTÁRIOS

Os horários e datas das manifestações de mulheres contra Bolsonaro em todo o Brasil

Foram divulgados os locais, horários e datas das manifestações de mulheres contra Jair Bolsonaro em todo o Brasil. Confira

horários manifestações de mulheres contra Bolsonaro brasil eleições

RBA

O ataque cibernético da madrugada deste domingo (16) à página #MulheresContraOBolsonaro deve dar ainda mais impulso à mobilização marcada para o dia 29 de setembro, sábado, em 42 cidades do país, contra a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL). Em São Paulo, a concentração será às 17h, no Largo da Batata.

Além de a página no Facebook #MulheresContraOBolsonaro, que contava com mais de um milhão de participantes, ter sido invadida, dados das participantes foram apropriados de forma indevida.

Segundo o jornal El Pais, o Facebook informou que o grupo de mulheres “foi temporariamente removido após detectarmos atividade suspeita. Estamos trabalhando para esclarecer o que aconteceu e restaurar o grupo às administradoras“. A reportagem do jornal diz também que o ataque começou na sexta-feira (14), quando uma das administradoras teve suas contas no Facebook e WhatsApp invadida.

Também circulam informações de que um casal foi denunciado à delegacia de crimes cibernéticos. Durante o ataque, a página teve sua mensagem principal contra o candidato do PSL substituída por outra a seu favor. Bolsonaro encontra-se hospitalizado em São Paulo, depois de sofrer uma facada que atingiu o intestino, no último dia 17, durante campanha em Juiz de Fora (MG).

Para manter a mobilização

Em nota divulgada na tarde deste domingo, uma das administradoras do grupo informou que uma nova página ativada para garantir a continuidade da mobilização:

“…estamos limpando nossa casa, retirando todos os que pensam que é através da força que se ganha voto. Vivemos uma democracia (constantemente ameaçada) e não iremos recuar. Pedimos que todas as nossas incansáveis e guerreiras participantes permaneçam ao nosso lado e sigam denunciando os invasores de nossa página“.

manifestações de mulheres contra Bolsonaro Brasil

Leia também:
Grito homofóbico pró-Bolsonaro é repudiado por diretoria do Atlético-MG
Campanha de Alckmin mostra vídeo de Bolsonaro atacando mulheres
Bolsonaro e 4 homens debatem aborto em programa na internet
Executivo apoiador de Bolsonaro é demitido após atacar mulheres no Twitter
Desvendando o “mito” Bolsonaro: embuste ou autenticidade?
Bolsonaro dá voz de prisão a universitárias que o chamaram de homofóbico
Segunda ex-mulher de Bolsonaro quer ser deputada federal
Bolsonaro empregou a esposa, a ex e outros familiares na Câmara
Mulher conta o que viveu nas mãos do Cel. Ustra, homenageado por Bolsonaro
As 10 frases mais polêmicas de Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro assedia repórter e oferece filho para provar masculinidade
Mãe de Bolsonaro: “Ele era humilde, não era de falar besteira”
Bolsonaro ataca outra mulher: “Lipo não faz milagre. Bruxa da ditadura”
Bolsonaro volta a atacar deputada: “Não te estupro porque você não merece”

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários