Redação Pragmatismo
Eleições 2018 07/Jun/2018 às 20:26 COMENTÁRIOS

Visita de Bolsonaro a chefe das Forças Armadas gera controvérsia

Após visita de Jair Bolsonaro ao general Eduardo Villas Bôas, Exército divulga nota para justificar razão do encontro (fora da agenda oficial) entre o presidenciável e o chefe das Forças Armadas

Bolsonaro general villas bôas
Lorenzoni, Villas Bôas e Bolsonaro

Uma visita de Jair Bolsonaro ao general Eduardo Villas Bôas causou controvérsia nas redes sociais nesta quinta-feira (7). O encontro não constava na agenda oficial do Exército e só foi descoberto porque o deputado Onyx Lorenzoni (DEM) publicou uma imagem em sua conta pessoal do Twitter.

Capitão reformado do Exército, o presidenciável do PSL aparece ao lado do general na imagem divulgada por Lorenzoni, que é coordenador de seu plano de governo.

Questionado sobre o motivo de o encontro não estar na agenda, o Exército informou que visualizou a visita de Lorenzoni no sistema interno, mas que verificaria por que ela não estava disponível na versão pública nesta quinta.

O Exército informou que o comandante “recebeu o deputado federal Onyx Lorenzoni nas instalações do Quartel General do Exército para uma visita de cortesia”. “O mesmo estava acompanhado do deputado federal Jair Bolsonaro”, completou.

Ainda de acordo com o Centro de Comunicação Social do Exército, Villas Bôas tem recebido diversas autoridades dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, “para tratar de assuntos de interesse da Força Terrestre”.

A assessoria citou dentre as personalidades que visitaram o comandante outros dois pré-candidatos à Presidência da República: o senador Alvaro Dias (Podemos-PR), no dia 23 de maio, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), seis dias depois.

“Eduardo Villas Bôas, chefe do Exército, pretende convidar os candidatos à Presidência da República para discutir assuntos relacionados à defesa e à segurança do país, em particular os referentes aos interesses da Forças Armadas”, finalizou a assessoria.

VEJA TAMBÉM:
O que diria Leonel Brizola ao general Eduardo Villas Bôas?

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários