Redação Pragmatismo
Justiça 06/Jun/2017 às 15:45
0
Comentários

Jornal britânico questiona se a Lava Jato valeu a pena

O jornal britânico mostra em reportagem o desenvolvimento da operação Lava Jato que, na visão do periódico, está fazendo a própria democracia "cambalear" no Brasil

jornal britânico questiona lava jato valeu a pena crise brasil

Ainda longe de terminar, a operação Lava Jato já é um marco histórico no combate à corrupção no Brasil, segundo o jornal britânico The Guardian.

Em uma longa reportagem, o jornal recupera a história desde o estopim da operação, em 2014, até as mais recentes acusações que atingem o presidente Michel Temer após as delações da JBS.

Segundo o repórter Jonathan Watts, que assina o texto, a investigação, que partiu de suspeitas sobre doleiros e se estendeu para englobar o coração da Petrobras, da Odebrecht e da vida política do país, vive agora momentos críticos.

Em sua avaliação final, o repórter afirma que a própria independência da investigação está em jogo, com a diminuição dos repasses às entidades responsáveis, que está sendo levada a cabo pelo atual governo de Michel Temer.

Watts avalia: “O Brasil certamente precisava enfrentar a corrupção, que exacerbou a desigualdade e impediu o crescimento econômico. Mas a operação Lava Jato valeu a dor que causou? Ela ajudou a derrubar o PT, mas colocou, em seu lugar, uma administração tão manchada quanto a anterior, só que muito menos disposta a promover a transparência e a independência judicial”.

A Petrobras – a campeã nacional da era Lula – está de joelhos […] Grandes empresas e políticos tradicionais estão desacreditados. Os eleitores sofrem para encontrar alguém em quem acreditar. Não é só a política que está cambaleando, é a própria república”.

No longo prazo, o repórter finaliza, há quem acredite que a Lava Jato vai transformar o Brasil em um país mais justo.

Mas, na análise dele, o risco é que a operação abale de morte a já frágil democracia do país, abrindo caminho para uma “teocracia evangélica de direita” ou um retorno das ditaduras.

Mais importante do que quem cai na Lava Jato, para o The Guardian, é quem entra no lugar.

Leia também:
TRF derruba decisão de Moro que obriga Lula a comparecer a 87 depoimentos
Sergio Moro faz política nas redes sociais e descobre que não é unanimidade
Sergio Moro foge dos autos após Tarso Genro inocentar Lula
12 razões para Sergio Moro ser impedido de julgar Lula
STF e CNJ discutem excessos de Sergio Moro há 11 anos
Sergio Moro é denunciado por vazar processo sigiloso ao ‘Estadão’
Todas as testemunhas de acusação inocentam Lula em depoimento a Sergio Moro
Professor de Harvard aponta ilegalidades da Lava Jato contra Lula
Sergio Moro tem mais de 20 erros corrigidos por tribunais superiores

Luiza Calegari, Exame

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários