Redação Pragmatismo
Eleições 2016 26/Oct/2016 às 12:11
0
Comentários

A nova pesquisa Datafolha para a prefeitura do Rio de Janeiro

Faltando apenas 4 dias para a eleição, instituto Datafolha divulga pesquisa para a disputa de segundo turno no Rio de Janeiro entre Freixo (PSOL) e Crivella (PRB). Confira os números

pesquisa prefeitura do rio de janeiro
Datafolha: Crivella mantém liderança sobre Freixo na disputa pela prefeitura do Rio de Janeiro

O Datafolha divulgou na noite desta terça-feira (25) a sua mais recente pesquisa para a disputa de segundo turno pela prefeitura do Rio de Janeiro.

De acordo com o instituto, o bispo evangélico Marcelo Crivella (PRB) continua liderando, com 63% (tinha 66% no último levantamento). Marcelo Freixo (PSOL), por sua vez, aparece com 37% dos votos válidos (tinha 34%).

A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou menos. O Datafolha ouviu 1.280 pessoas nesta terça.

Impressiona o número de brancos, nulos e indecisos quando considerados os votos totais: 27% dos eleitores não escolheram nenhum dos dois candidatos.

Os recortes feitos pelo instituto mostram que a diferença obtida pelo candidato do PRB se concentra no eleitorado evangélico.

Ele tem larga vantagem tanto entre fiéis de denominações pentecostais —como a Igreja Universal, da qual é bispo licenciado– como não pentecostais. No primeiro, Crivella tem 91% dos votos válidos e no segundo, 86%.

Os evangélicos são 33% dos eleitores.

Os dois estão em empate técnico entre os católicos, grupo que representa 40% da amostra. O grupo de eleitores evangélicos também mostra ser determinante no resultado de votos válidos por ter a menor taxa de brancos, nulos e indecisos na pesquisa.

Apenas 13% dos fiéis de igrejas pentecostais não escolheram candidato. Entre os católicos, 36% não optaram por Freixo ou Crivella.

No recorte por faixa etária, Freixo vence apenas entre os mais jovens, com 55% das intenções de votos válidos. Crivella tem vantagem em todas as outras faixas etárias.

O senador também tem larga vantagem entre os mais pobres, atingindo 74% da preferência dos entrevistados com renda familiar até dois salários mínimos. Há empate entre aqueles com renda familiar acima dos dez salários mínimos, grupo no qual Freixo obtém 52% das intenções de voto válido.

SAIBA MAIS:
A última pesquisa Ibope para prefeito no Rio de Janeiro

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários