Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 03/Fev/2021 às 08:43 COMENTÁRIOS
Mulheres violadas

Marido confessa que matou a esposa por causa da Libertadores

Publicado em 03 Fev, 2021 às 08h43

Empresária palmeirense é assassinada pelo marido em apartamento de luxo após discussão por futebol. Crime aconteceu com as filhas pequenas do casal em casa

Érica Fernandes Ceschini
Leonardo Souza Ceschini e Érica Fernandes Ceschini

A empresária palmeirense Érica Fernandes Ceschini foi assassinada pelo marido corintiano Leonardo Souza Ceschini após a final da Copa Libertadores da América no último sábado (30).

O crime aconteceu em um apartamento de luxo no bairro de alto padrão São Domingos, na Zona Norte de São Paulo.

O homem de 34 anos, que também é empresário, usou uma faca para assassinar a mulher. As filhas gêmeas do casal, de 2 anos, estavam dormindo quando a mãe perdeu a vida.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a comemoração excessiva de Érica pelo título do Palmeiras na Libertadores teria irritado o marido.

A princípio, Leonardo afirmou que a mulher tentou matá-lo e depois cometeu suicídio. Depois, o homem admitiu que o assassinato foi motivado por desavenças no futebol.

Ao mudar seu depoimento, Leonardo disse que a mulher o teria golpeado primeiro com a faca, mas ele conseguiu tomar o utensilio e a esfaqueou até a morte.

Em nota, a Polícia Militar informou que foi acionada pelos vizinhos do casal que ouviram a discussão. No entanto, ao chegar no local, as autoridades encontraram a mulher caída no chão da cozinha, já sem vida.

O homem apresentava lesões na barriga e foi encaminhado ao Hospital do Mandaqui, onde permaneceu internado sob escolta policial. A perícia foi realizada e o caso foi registrado como homicídio qualificado.

Renê Fernandes, tio da vítima, afirma que a família está inconsolável. “Estamos abalados e sem entender o que aconteceu. Estava tudo normal no sábado. Ela estava feliz pela conquista do time, ainda não consigo acreditar que o marido tirou a vida da esposa só porque o time era rival. Eles eram casados há 9 anos”.

Segundo os familiares, até a noite desta terça-feira (2) as gêmeas ainda não sabiam da morte da mãe.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

COMENTÁRIOS