Redação Pragmatismo
Política 13/Jun/2019 às 21:22 COMENTÁRIOS
Política

“El Odio”, o documentário que desperta uma imensa vergonha do Brasil

Publicado em 13 Jun, 2019 às 21h22

Um documentário arrasador sobre Lula, Bolsonaro e o impeachment: assisti-lo desperta os sentimentos mais ambíguos

El Odio documentário vergonha do Brasil pt lula dilma corrupção

Luis Nassif, Jornal GGN

El Odio”, um documentário arrasador, de Andrés Sal-lari, sobre o longo processo do impeachment de Dilma Rousseff, a prisão de Lula e a eleição de Jair Bolsonaro.

Assisti-lo desperta os sentimentos mais ambíguos, uma imensa vergonha do Brasil, dos deputados que votaram pelo impeachment, da tibieza do Supremo Tribunal Federal, do papel indecente da mídia no período.

A visão de animais urrando na Câmara, enquanto votavam pelo impeachment, o ar solene dos apresentadores do Jornal Nacional, transformando a pantomima do Power Point em denúncia escandalosa, todos esses pontos, quando reunidos em um documentário, traçam um quadro dantesco.

E, no contraponto, o martírio de Lula. Sim, conseguiram erigir Lula ao panteão dos grandes mártires do século 20, para desgosto de Fernando Henrique Cardoso, que passará à história como o Salieri de folhetim.

Conseguiram o botim do momento, o poder. Com ele, o desmonte de qualquer forma de regulação, ambiental, social, controle de armas, de velocidade no trânsito.

Tudo isso em nome de uma bandeira empunhada por um juiz que atuava politicamente.

À medida em que os fatos vão sendo, finalmente, assimilados pela opinião pública, avalia-se a dimensão do estrago que a operação causou ao país. Nos próximos meses, essa conta será cobrada duramente de seus principais estimuladores.

Leia também:
Netflix divulga trailer de “Democracia em Vertigem” e deixa a internet em alvoroço
Moro, Dallagnol e o que a história nos ensina sobre heróis
10 pontos para entender a gravidade da relação entre Moro e Dallagnol
Em qualquer outro país seria um escândalo para o ministro renunciar, diz professor da FGV

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

COMENTÁRIOS