Redação Pragmatismo
Rio de Janeiro 18/Jun/2019 às 13:56 COMENTÁRIOS

Conheça Flordelis, a deputada que teve o marido executado e é mãe de 55 filhos

Pastora, missionária evangélica, cantora gospel e estreante na vida política. Uma tragédia familiar trouxe à tona a história da deputada Flordelis, cujo marido foi assassinado com cerca de 30 tiros

Conheça Flordelis deputada marido executado mãe 55 filhos rio de janeiro
Flordelis dos Santos Souza (Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom | ABr)

Rafael Neves, Congresso em Foco

Pastora, missionária evangélica, cantora gospel e estreante na vida política. Uma tragédia familiar trouxe à tona a história da deputada Flordelis (PSD-RJ), cujo marido, o pastor Anderson do Carmo, foi assassinado com cerca de 30 tiros ao chegar em casa em Niterói, no Rio, na madrugada desse domingo (16).

Hoje com 58 anos, Flordelis criou-se na favela do Jacarezinho, na capital fluminense, e é mãe de 55 filhos, dos quais apenas quatro biológicos. Em 1994, a então professora adotou 37 crianças (dos quais 14 bebês) de uma vez só. Eram moradores de rua que haviam sobrevivido a uma chacina na Central do Brasil, um ataque ocorrido menos de um ano após a famosa Chacina a Candelária.

O episódio inspirou um filme com elenco estrelado em 2009: artistas como Deborah Secco, Rodrigo Hilbert, Bruna Marquezine, Letícia Sabatella e Cauã Reymond atuaram em “Flordelis – Basta uma Palavra para Mudar“, que conta a história relembrada pela deputada em um discurso na Câmara no dia 23 de maio.

As crianças estavam sendo mortas pelo simples fato de serem moradoras de rua. Trinta e sete crianças bateram à minha porta numa madrugada. Eu não só abri a porta da minha casa, como abri também a porta do meu coração” contou Flordelis, em sessão de comemoração ao Dia Mundial da Adoção.

Ela já havia adotado cinco adolescentes antes da chacina. “Eu ia a bailes funk e via que crianças e adolescentes apadrinhados pelo tráfico de drogas sonhavam com uma vida melhor. Eu conseguia conversar com essas crianças, com esses adolescentes, e dizia para eles que o melhor caminho não era trabalhar para o tráfico de drogas“, disse a deputada na ocasião.

Não foi só por meio do cinema que Flordelis tornou-se conhecida antes de sua primeira eleição para um cargo eletivo, em 2018. Duas décadas antes, já casada com o pastor Anderson Gomes (com quem conduzia a igreja que existe até hoje, o Ministério Flordelis), a professora lançou seu primeiro disco de música gospel, segundo seu site artístico oficial. Sua carreira no ramo, no entanto, decolou mais recentemente, após o lançamento do filme em 2009. Ela conquistou seu primeiro disco de ouro (venda de mais de 40 mil cópias) em 2010.

Carreira política

Flordelis aventurou-se na política pela primeira vez em 2004, quando concorreu sem sucesso a uma vaga de vereadora em São Gonçalo (RJ). Nas eleições de 2018, com a base eleitoral já ampliada, a pastora recebeu 196.959 votos, a quinta maior votação para deputado federal no Rio de Janeiro.

Nos quase seis meses de atividade na Câmara até o momento, a congressista – que chegou a apresentar pretensões de presidir a frente parlamentar evangélica, mas não teve apoio – apresentou quatro projetos de lei. Um deles regula, que regula os direitos do nascituro, visa garantir “o direito à vida, à saúde, ao desenvolvimento e à integridade física” do ser humano desde a concepção.

Além deste texto antiaborto, a parlamentar também propôs um instrumento contra a exploração sexual de crianças e adolescentes, uma ferramenta na lei que regula a busca por desaparecidos e mudanças nos direitos do consumidor.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários

  1. Aliança Nacional Libertadora Postado em 06/Jul/2019 às 19:07

    Caramba.....ouvi dizer que era difícil adotar uma criança mesmo tendo condições financeiras.....e a atual Deputada Flordelis conseguiu adotar 51 morando no Jacarezinho? Inclusive ex-traficantes? Parabéns....tem até Igreja com o seu nome e carreira de cantora....... Sucesso!!! Mas está muito mal explicada toda essa história..... Os tempos são outros....essa nossa fase é Pós-João de Deus.....o ex-santo...que também teve um filme....