Redação Pragmatismo
Esquerda 28/Jun/2019 às 09:14 COMENTÁRIOS

Tem gente irritada com o bar que deixa recado contra Moro na conta

"Um bar pode ter opinião política, um juiz não. Moro lesa-pátria". Estabelecimento deixa recado contra Sergio Moro na conta e divide opiniões. A polêmica já rendeu ao bar mais de 7 mil seguidores no Instagram, 17 mil no Twitter e 18 mil no Facebook nos últimos dois dias

conta Bar do Omar
Imagem de conta no Bar do Omar

Apenas nos últimos dois dias, o Bar do Omar, no Rio de Janeiro, ganhou cerca de 7 mil seguidores no Instagram, 17 mil no Twitter e 18 mil no Facebook. O motivo? Uma ação polêmica envolvendo o nome do ministro Sergio Moro.

O estabelecimento passou a deixar um recado nas contas (cupons fiscais) contra o ex-juiz da Lava Jato. “Um bar pode ter opinião política, um juiz não. Moro lesa-pátria. #lulalivre BarDoOmar #Democracia”, diz a mensagem.

O Bar do Omar está localizado no bairro Santo Cristo, zona portuária da cidade. O proprietário é Omar Monteiro Junior, de 29 anos, que tem se divertido com a repercussão. “A gente está blogueirinho agora. O único mimo que a gente quer é o Lula livre”, brincou.

Nas redes sociais, há manifestações contrárias e favoráveis ao bar. “Lula livre daqui a 100 anos babaca. Nunca pisarei numa merda de lugar que ataca homens de bem”, irritou-se um internauta.

“Um bar desses, com um ambiente desses, numa cidade dessas. O que dizer? Mal conheço e já considero demais”, escreveu outro usuário.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Os recados nas contas do bar acontecem na esteira dos vazamentos pelo The Intercept dos diálogos que mostram que Sergio Moro agiu em conluio com os procuradores da Lava Jato para incriminar o ex-presidente Lula a todo custo.

Como ficou claro nas mensagens trocadas entre ex-juiz e membros do Ministério Público, o processo era um jogo de cartas marcadas e não havia chance para a defesa.

“Vivemos um momento muito delicado da nossa democracia, em que opiniões contrárias são recebidas de forma violenta e hostil. Nesse caso, não é uma questão partidária. A gente está falando sobre como a Constituição foi desrespeitada para atender a um objetivo pessoal, que, amanhã ou depois, pode ser a prisão do Bolsonaro, por exemplo”, observa Omar.

Omar conclui ao dizer que “quem critica o nosso posicionamento não compreende que daqui a algum tempo isso pode se voltar contra elas próprias”.

⇒ Link para o Instagram do Bar do Omar

Recomendações

Comentários

  1. Luiz Postado em 05/Jul/2019 às 16:20

    pode usar o quanto quiser. Já fui em bar que dizia O Lula tá preso BABACA. E vida que segue. O que importa mesmo é quem está dentro e quem está fora da cela. A alma mais inocente do Brasil vai mofar na cadeia e não adianta escrever textão querendo defender o indefensável. PT nunca mais.

  2. Rogério Stefanelli Postado em 05/Jul/2019 às 16:20

    Seu morasse no Rio, passaria no bar do Omar para lhe dar os parabéns pela consciência política. E aproveitaria pra tomar um guaraná com salgadinho.