Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 11/Apr/2019 às 08:58 COMENTÁRIOS

Condenado a prisão por ataques contra deputada, Danilo Gentili se diz revoltado

Em um primeiro momento, Danilo Gentili fez piada ao saber da condenação. Depois o apresentador caiu na real e demonstrou indignação

Danilo Gentili maria do rosário
Danilo Gentili (reprodução)

Danilo Gentili concedia uma entrevista para a Rádio Jovem Pan na tarde desta quarta-feira (10) quando foi confrontado com a informação de que acabara de ser condenado a seis meses de prisão pelo crime de injúria praticado contra a deputada federal Maria do Rosário Nunes (PT-RS).

“Quero saber quem vai me levar celular e cigarros na cadeia”, ironizou Gentili durante o programa “Os Pingos nos Is”. Depois, o apresentador caiu na real e demonstrou indignação. “Vou consultar meu advogado, mas acho que se tem algo positivo é que fica exposto como a classe política é autoritária. A Maria do Rosário fala o que quer, e quando a gente responde, é condenado a prisão”.

Ainda segundo o humorista, durante audiência na ação, Maria do Rosário chorou e o chamou de covarde. “Em uma audiência, Maria do Rosário chorou e disse que fui covarde por postar algo no twitter porque tenho muitos seguidores”, afirmou.

Entenda o caso

Em 2016, Danilo Gentili publicou mensagens ofensivas chamando a deputada de “nojenta”, “falsa” e “cínica”. Em resposta, Maria do Rosário processou o apresentador do “The Noite”.

Em maio de 2017, Gentili recebeu a notificação extrajudicial do processo movido por Maria do Rosário, mas rasgou e esfregou os papéis nas partes íntimas. Na ação, ele finge surpresa com o conteúdo do envelope e destaca o termo “puta” da palavra deputada. O vídeo foi publicado nas redes sociais.

Na decisão que condenou Gentili, a juíza Maria Isabel ressalta o direito à liberdade de expressão, mas pontua que quando alguém ultrapassa a linha da ética, “surge no Estado de Direito a tutela penal como legítimo instrumento de contenção contra o uso abusivo da liberdade de expressão.”

“Verifico que o humorista e apresentador dolosamente injuriou através da internet a deputada federal, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro, atribuindo-lhe a alcunha de ‘puta'”, escreveu a magistrada na sentença.

SAIBA MAIS: O analfabetismo político de Gentili no vídeo contra Maria do Rosário

Maria do Rosário

A deputada Maria do Rosário comentou a decisão judicial. “A sentença da 5° Vara Federal Criminal de São Paulo deve ser lida como uma convocação à sociedade brasileira de que é necessário retomar o respeito, o bom senso no debate público, nas redes sociais e na vida”, afirma a parlamentar.

“Não pode haver impunidade, cabendo ao Judiciário definir os termos da condenação. Considero a decisão um símbolo de que é possível preservar a liberdade de expressão e garantir a dignidade humana. Esta é uma vitória da democracia e da justiça”, acrescentou Maria do Rosário.

Danilo Gentili poderá recorrer da condenação em liberdade.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Comentários