Redação Pragmatismo
Corrupção 05/Feb/2019 às 18:06 COMENTÁRIOS

Novo promotor do caso Queiroz é admirador do clã Bolsonaro

Constrangimento deve levar ao impedimento do novo promotor responsável pelo caso Flávio Bolsonaro-Queiroz. Claudio Calo tem diversas manifestações nas redes sociais a favor das ideias bolsonaristas

promotor Claudio Calo flávio bolsonaro
O promotor Claudio Calo (reprodução)

Novo responsável pela investigação do caso Flávio Bolsonaro-Queiroz, o promotor Claudio Calo tem diversas manifestações nas redes sociais a favor das ideias bolsonaristas. As informações foram divulgadas pelos jornais O Globo e Estadão.

As publicações do membro do Ministério Público em defesa da família Bolsonaro foram feitas antes de ele receber o caso. Em uma das publicações, Calo disse que o relatório do Coaf não necessariamente indica crime e compartilhou posts feitos por Flávio Bolsonaro anunciando que iria dar entrevistas à imprensa.

O promotor também compartilhou um post feito pelo irmão de Flávio, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC), em que ele critica a abordagem da imprensa à viagem de seu pai para Davos. Calo já chegou a compartilhar entrevistas dos membros da família Bolsonaro.

As postagens foram criticadas nas redes sociais por pessoas que questionaram a imparcialidade do promotor. No início da tarde desta terça-feira, 5, Calo disse que ainda não decidiu se deixará o caso por conta de suas publicações.

Para tentar se justificar, Claudio Calo disse que suas manifestações no Twitter “são de professor de direito, palestrante e articulista”.

Segundo o colunista Lauro Jardim, d’O Globo, o novo promotor deve abrir mão do processo nas próximas horas — ou, no máximo, até amanhã. O motivo é o conflito óbvio dentro de um caso vigiado tão de perto pela opinião pública.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários