Redação Pragmatismo
Eleições 2018 10/Oct/2018 às 19:47 COMENTÁRIOS

A primeira pesquisa Datafolha para a disputa do 2º turno

Instituto Datafolha acaba de divulgar a sua primeira pesquisa eleitoral do 2º turno da disputa presidencial entre Haddad e Bolsonaro. Instituto também revelou para onde os votos dos demais candidatos estão migrando. Veja os números

pesquisa datafolha haddad bolsonaro

O Datafolha divulgou nesta quarta-feira (10) a sua primeira pesquisa sobre o segundo turno das eleições presidenciais.

No levantamento, Jair Bolsonaro (PSL) tem ampla vantagem sobre Fernando Haddad (PT). O militarista tem 58% dos votos válidos, enquanto o ex-prefeito paulistano conta com o apoio de 42% dos ouvidos.

No primeiro turno, Bolsonaro teve 46% dos votos válidos e Haddad, 29%.

O Datafolha ouviu 3.235 pessoas em 227 municípios nesta quarta (10). A margem de erro do levantamento, contratado pela Folha de S.Paulo e pela TV Globo, é de dois pontos para mais ou para menos.

Quando se leva em conta a intenção de voto total, o deputado fluminense tem 49% contra 36% do petista. Brancos e nulos somam, segundo o Datafolha, 8%. Apenas 6% se declaram indecisos.

VOTOS VÁLIDOS

Jair Bolsonaro (PSL) — 58%
Fernando Haddad (PT) — 42%

Nos votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

VOTOS TOTAIS

Jair Bolsonaro (PSL) — 49%
Fernando Haddad (PT) — 36%
Brancos e Nulos — 8%
Indecisos — 6%

EVANGÉLICOS

O Datafolha comprova o apoio maciço a Bolsonaro entre os evangélicos, grupo privilegiado em suas manifestações e intenções programáticas. O deputado tem 60%, contra 26% de Fernando Haddad.

DECISÃO DO VOTO

O Datafolha também perguntou ao eleitor quando ele decidiu seu voto no primeiro turno para presidente da República. 12% disseram que decidiram no dia da votação e 6% decidiram na véspera.

MIGRAÇÃO

A pesquisa Datafolha mostra que a maior fatia dos eleitores de Ciro Gomes (PDT) votarão em Fernando Haddad (PT) no segundo turno, enquanto boa parte dos que votaram em Geraldo Alckmin (PSDB) migram para Jair Bolsonaro (PSL).

Eleitores de Ciro:
— 58% votam em Haddad
— 19% votam em Bolsonaro

Eleitores de Alckmin:
— 42% votam em Bolsonaro
— 30% votam em Haddad

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários