Redação Pragmatismo
Barbárie 20/Sep/2018 às 09:00 COMENTÁRIOS

Marido de avó estupra a neta dela e justifica: "a carne é fraca"

“A carne é fraca”, diz marido de avó que estuprou a neta dela. Ele admitiu que abusou da menina de 12 anos “inúmeras vezes, não sabendo precisar a quantidade”. A vítima pode estar grávida

marido da avó abusa neta

Uma menina de 12 anos foi estuprada diversas vezes pelo marido de sua avó. Os crimes aconteceram na cidade de Sorriso, no Mato Grosso (MT).

Marcos Aparecido do Nascimento, de 41 anos, admitiu os abusos e, ao ser preso nesta terça-feira (18), usou uma frase repugnante para se justificar: “A carne é fraca!”.

O crime foi descoberto após a mãe da menina ser informada pela escola em que a filha estuda sobre a ausência dela nas aulas.

A mulher foi conversar com a filha e a menina acabou revelando que estava sendo estuprada há pelo menos 30 dias.

A menina contou que o marido da avó lhe dava dinheiro e ameaçava entregar a mãe dela para a polícia, alegando que sabia de algo que a deixaria presa.

Em depoimento, a menina também relatou que os estupros ocorreram na casa do próprio Marcos Aparecido, no momento em que a avó estava no trabalho.

Marcos Aparecido revelou na delegacia que abusou da vítima “inúmeras vezes, não sabendo precisar a quantidade”.

Segundo a Polícia Militar, a vítima foi encaminhado para uma unidade hospitalar para a realização de exames. A suspeita é que ela possa estar grávida.

O Conselho Tutelar foi acionado e acompanha o caso. A Polícia Civil investiga o crime e deve divulgar um inquérito nos próximos dias.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários