Redação Pragmatismo
Eleições 2018 19/Sep/2018 às 16:16 COMENTÁRIOS

Eleitores de Haddad e Bolsonaro são os mais fidelizados, revela Ibope

Por dentro da última pesquisa Ibope para a Presidência da República: números também revelam a margem de mudanças das intenções de voto dos eleitores

Eleitores Haddad e Bolsonaro fidelizados

Jornal GGN

A pesquisa Ibope sobre eleições presidenciais, divulgada nesta terça-feira (18), também revela a margem de mudanças das intenções de voto dos eleitores: Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) são os que mais têm eleitores fieis, com 53% e 45%, respectivamente.

Estes são os números de entrevistados que afirmaram que não irão modificar seu voto “de jeito nenhum“, de acordo com o IBOPE. Ciro Gomes (PDT) também tem índices elevados de decisão definitiva, que atinge 32%.

Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB) marcam uma confiança de 24% e 25% de seus eleitores, respectivamente.

Nessa mesma linha, Bolsonaro e Haddad marcam também números similares daqueles que informam ser “apenas uma preferência inicial“. O candidato da extrema direita registra 17% de seus eleitores que afirmam estar seguros, mas que podem modificar a escolha no decorrer da campanha, 11% dos que indicam ser uma decisão do momento que também podem mudar e 13% que dizem ser apenas uma preferência inicial.

Com isso, 41% dos eleitores de Bolsonaro podem mudar de opinião.

Já Fernando Haddad registra 20% dos eleitores que estão firmes, mas que podem mudar, 14% que indicam ser uma escolha do momento que também pode ser modificada e 15% que dizem ser uma preferência inicial. Dessa forma, 49% dos eleitores de Haddad podem mudar de escolha.

Por outro lado, se o PT ou o PSL pretendem chegar ao segundo turno com confiança, devem mirar nos eleitores instáveis dos demais adversários. É o caso de Geraldo Alckmin (PSDB), que tem essa possibilidade em 74% de seus eleitores iniciais.

Marina Silva (Rede) também tem altas possibilidades de mudanças em seus eleitores: 72%. E a campanha de Haddad ainda poderá tentar convencer 67% dos eleitores de Ciro Gomes (PDT).

A pesquisa do Ibope divulgada nesta terça-feira ouviu 2.506 eleitores em 177 municípios, entre os dias 16 e 18 de setembro, e registra a margem de erro de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Leia também:
As chances de Fernando Haddad contra Jair Bolsonaro
IBOPE: Jair Bolsonaro vê aproximação de Fernando Haddad
Vídeo falso mostra William Bonner defendendo Bolsonaro
Haddad, Bolsonaro e o nó na cabeça da grande mídia
Os desdobramentos das fake news no caso Bolsonaro
A íntegra da carta que Lula escreveu para Fernando Haddad
A estratégia da pancadaria em Fernando Haddad

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários