Redação Pragmatismo
Lula 27/Mar/2018 às 12:24 COMENTÁRIOS

Senadora que pediu violência contra a caravana de Lula nega incitação ao crime

Senadora Ana Amélia (PP) nega incitação de violência após vazamento de vídeo de discurso em que exige agressões contra a caravana de Lula pelo Sul do Brasil

Senadora que pediu violência caravana de Lula incitação

A senadora Ana Amélia explicou nesta segunda-feira (26) em plenário que jamais quis incitar a violência quando, ao se referir à caravana do ex-presidente Lula no Rio Grande do Sul, em discurso na convenção regional do PP gaúcho, pronunciou a frase ‘atirar ovo, levantar o relho, levantar o rebenque para mostrar onde está o Rio Grande, onde estão os gaúchos’.

Segundo ela, a frase deve ser interpretada no contexto de uma convenção partidária, que contou com a participação de correligionários de cidades por onde o ex-presidente Lula passou com sua caravana. A senadora afirmou que os que tentam usar esse fato para atacá-la são os mesmos que fizeram e ainda fazem provocações e praticam atos de violência.

Tentar transformar isso numa situação diferente do que ela significou é usar de má-fé para tentar me atingir, me caluniar e tentar colar em mim a pecha ou o selo ou o carimbo de uma pessoa radical, de uma pessoa que é defensora de atos de violência — disse.

Leia também:
O estranho impedimento da caravana de Lula em Passo Fundo
Ônibus de linha é atacado por milicianos por engano; alvo era Lula
Criança é estimulada a jogar pedra em ônibus de Lula
Vaza áudio de milicianos que atacam caravana de Lula: “Vamos derrubar o prédio”
Por que os fazendeiros gaúchos agridem Lula e seus seguidores?
Seguidoras de Lula são espancadas por milícias de direita em agressão covarde
Líder ruralista por trás dos ataques à caravana de Lula tem identidade revelada
Aluno que atacou caravana de Lula diz amar escola criada pelo ex-presidente
Armados com pistolas, homens tentam atacar caravana de Lula no RS

Senado Notícias

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários