Redação Pragmatismo
Lula 29/Mar/2018 às 16:52 COMENTÁRIOS

Sem ninguém para lavar escadarias, Bolsonaro foi comer polenta em Curitiba

Jair Bolsonaro prometeu lavar as escadarias da UFPR para “tirar a sujeira do PT” e marcou um ato para o local, mas quase ninguém apareceu e as atividades foram canceladas. Na noite anterior, evento de Lula reuniu milhares de pessoas

bolsonaro escadarias UFPR
Sem ninguém para lavar escadarias da UFPR, Bolsonaro foi comer polenta no Madalosso

Esmael Morais, em seu blog

A passagem de Jair Bolsonaro (PSL-RJ) pelo Paraná se transformou num verdadeiro fiasco.

Ele fez de tudo para polarizar com a caravana de Lula (veja aqui), mas só conseguiu algumas centenas de apoiadores e teve até que cancelar eventos.

O pré-candidato a presidente prometeu lavar as escadarias da UFPR para “tirar a sujeira do PT” e marcou uma entrevista coletiva para o local, mas ninguém apareceu e as atividades foram canceladas.

Durante a tarde e noite de ontem (28) houve temor por possíveis confrontos entre os apoiadores de Bolsonaro, que se reuniram na Praça 19 de dezembro, e de Lula, que fizeram seu ato na Praça Santos Andrade.

Mas o número reduzido de fãs do deputado do PSL desencorajou qualquer atitude de hostilidade.

Mesmo com Bolsonaro simulando um tiro na cabeça de Lula, seus apoiadores se encolheram e não chegaram perto da caravana do ex-presidente.

O ato de Lula reuniu mais de 20 mil pessoas em frente da Universidade Federal do Paraná.

Depois de cancelar a “limpeza” das escadarias e a entrevista coletiva, Bolsonaro e seus apoiadores foram comer frango com polenta no Restaurante Madalosso, em Santa Felicidade.

Imagem do evento de Lula na noite desta quarta-feira (28) na Praça Santos Andrade:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários