Redação Pragmatismo
Direita 28/Mar/2018 às 19:34 COMENTÁRIOS

Bolsonaro e Alexandre Frota convocam ato a menos de 1km de evento de Lula

Com o objetivo de "medir forças", Jair Bolsonaro e Alexandre Frota realizam ato no mesmo horário e em local próximo ao evento de Lula que já estava agendado em Curitiba. Deputado chegou a afirmar que quer ver o ex-ator pornô como Ministro da Cultura

Bolsonaro Alexandre Frota
Bolsonaro, Frota e Francischini realizam ato em Curitiba

Jair Bolsonaro e Alexandre Frota desembarcaram em Curitiba (PR) nesta quarta-feira (28). Recebidos por dezenas de manifestantes vestidos com a camisa da CBF no aeroporto Afonso Pena, ambos convocaram um ato para o mesmo horário e em local muito próximo a um evento da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em um palanque improvisado ainda no aeroporto, Bolsonaro discursou por cerca de 10 minutos. Também estavam presentes os deputados federais Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidenciável, e Fernando Francischini (PSL-PR).

Bolsonaro, Eduardo, Frota e Francischini pediram que seus seguidores se concentrassem às 17 horas, na praça 19 de Dezembro, para medir forças com o evento de Lula.

No mesmo horário e a cerca de 1km de distância, a caravana de Lula encerra sua participação na região Sul do Brasil em evento agendado na praça Santos Andrade.

Curiosamente, a assessoria de Bolsonaro informou que o deputado não participará do ato que ele próprio convocou. Ou seja, o parlamentar apenas pediu para que seus apoiadores se dirijam até um local próximo ao de Lula com o simples intuito de ver o circo pegar fogo.

Durante o discurso, Bolsonaro não falou sobre o atentado a tiros contra os ônibus da caravana de Lula.

‘Ministro da Cultura’

Bolsonaro e Frota não trocaram figurinhas apenas no palanque em Curitiba. Nas redes sociais, o pré-candidato a Presidente da República sugeriu, em tom de brincadeira, que o ex-ator pornô poderia ser seu eventual ministro da Cultura.

“Se você quer me ver presidente um dia, eu quero te ver ministro da Cultura! Já imaginou, cara?” diz o deputado em um vídeo postado por Frota no Twitter. A assessoria do deputado confirmou que a declaração, por enquanto, não se trata de um convite formal.

Frota e evangélicos

Em sua página, Alexandre Frota informou ter deixado o partido de Bolsonaro (PSL) nessa terça-feira (27/3) por divergências com os evangélicos da legenda por causa do seu passado como ator de filmes pornográficos.

Ao se filiar à antiga legenda, Frota cogitou ser candidato a governador de São Paulo. O ator tem em suas páginas fotos de capa com Bolsonaro e se apresenta como um lutador pelo Brasil.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários