Redação Pragmatismo
Juristas 31/Jan/2018 às 14:23 COMENTÁRIOS

Marcelo Bretas não aguenta a pressão e abandona o Twitter

Após bloquear centenas de seguidores, Marcelo Bretas, o juiz da Lava Jato do duplo auxílio-moradia, não aguenta a pressão e decide abandonar o Twitter. Mensagem de despedida do magistrado foi ironizada por internautas

Marcelo Bretas não aguenta pressão abandona twitter
Marcelo Bretas

Juliana Cipriani, EM

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, decidiu tirar férias do Twitter, um dia depois de virar um dos assuntos mais comentados na rede social por causa da ação que moveu para garantir dois auxílios-moradia para a família. O juiz responsável pela Lava-Jato no Rio informou na noite dessa terça-feira (31) aos 31,2 mil seguidores que ficará ausente.

Informo que não usarei esta conta de Twitter pelos próximos meses.Teremos um ano de muito trabalho …Até”, disse. Antes, porém, agradeceu aos que o acompanharam pela rede.

No dia anterior, Marcelo Bretas havia usado a conta para se defender pelas críticas de ter conseguido judicialmente receber um auxílio-moradia de R$ 4.377,73, mesmo morando com a mulher, Simone Bretas, do 5º Juizado Especial Federal Cível do Rio,que recebe os mesmos R$ 4.377,73.

O casal conseguiu duplicar o benefício graças a uma decisão judicial, já que resolução de 2014 do Conselho Nacional de Justiça veda o pagamento do auxílio a magistrados que residam com quem perceba “vantagem da mesma natureza”.

Pois é, tenho esse ‘estranho’ hábito. Sempre que penso ter direito a algo eu vou à Justiça e peço. Talvez devesse ficar chorando num canto ou pegar escondido ou à força. Mas, como tenho medo de merecer algum castigo, peço na Justiça o meu direito“, afirmou Marcelo Bretas na ocasião pelo Twitter.

O anúncio de que deixaria a rede social por um tempo não poupou o juiz de novos comentários. “Um ano de muito trabalho e auxílio-moradia”, disse uma seguidora. “Que legal , ele merece um auxílio moradia por essa meta… Só que não hahaha”, respondeu outro.

Também houve quem defendesse o magistrado no Twitter. “Seu trabalho como juiz é excelente e estava sendo prejudicado pela militância no twitter. Não dê armas aos adversários”, disse um apoiador.

Apenas como salário, Marcelo e Simone Bretas recebem R$ 28.947,55 cada, segundo listagem publicada pelo Conselho Nacional de Justiça referente aos salários de dezembro do ano passado. O total de rendimentos brutos para Simone foi naquele mês R$ 45.442,55. Já o de Marcelo Bretas, segundo a Transparência do CNJ foi de R$ 43.054,35.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários