Redação Pragmatismo
Mercado 12/Dec/2017 às 22:40 COMENTÁRIOS

Coca-Cola usa rosto de Pabllo Vittar. Pepsi vai estampar Bolsonaro?

Será verdade que a Pepsi vai estampar Jair Bolsonaro em suas latinhas em resposta à campanha da Coca-Cola com Pabllo Vittar? A notícia tem circulado em alguns sites e está sendo celebrada por fãs do deputado

pepsi bolsonaro coca rosto de Pabllo Vittar

A mais recente campanha publicitária da Coca-Cola estampará fotos da cantora Pabllo Vittar e de outros artistas brasileiros nas latas do refrigerante.

A partir dessa informação, rumores de que Jair Bolsonaro (PSC) será o novo garoto-propaganda da Pepsi começaram a circular. Os fãs do deputado ficaram eufóricos com a possibilidade, enquanto os críticos debocharam.

A montagem do político com as mãos simulando armas em uma lata de Pepsi viralizou e causou ainda mais polêmica na internet. A imagem, no entanto, é falsa.

Uma piada compartilhada pela Corrupção Brasileira Memes desdenhou da esperança dos seguidores de Bolsonaro.

A página de humor, que costuma fazer chacota com as posições do deputado, ironizou a mobilização dos simpatizantes de Bolsonaro na página da Pepsi no Facebook, pedindo, justamente, para que ele fosse contratado a estampar as latas do refrigerante.

Para quem acreditou na montagem, a assessoria de imprensa da PepsiCo, que produz a Pepsi, ressalta que a empresa “não está produzindo latas de Pepsi com a fisionomia de personalidades brasileiras, não há previsão da realização de nenhuma ação deste tipo neste momento”.

Mais boato

Outras informações falsas espalhadas por fãs de Bolsonaro dão conta de que, em função da nova campanha, a Coca-Cola teria sofrido um “imenso boicote dos brasileiros” e, por isso, sofrido um prejuízo de 1,2 bilhão de dólares.

“Esse resultado foi gerado devido ao boicote de milhões de brasileiros e empresas que deixaram de investir nas ações da Coca-Cola temendo sofrer boicote também e por motivos ideológicos, pois de acordo com informações cerca de 78% das empresas acionistas retiraram seus investimentos da Coca-Cola não compactuam com tais ideia [sic.] pregadas pela mesma”, diz trecho falacioso de um site de direita que apoia o deputado.

A variação do preço das ações da Coca-Cola na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) nas duas últimas semanas, quando os boatos sobre o prejuízo foram publicados, no entanto, mostra o contrário: houve aumento no valor dos papeis, ou seja, a procura pelas ações cresceu – o oposto da tal fuga de investidores relatada pelo boato.

A Coca-Cola negou, por meio de sua assessoria de imprensa, ter sofrido prejuízos em função da nova campanha, cujo lançamento oficial está previsto para o próximo dia 26 de dezembro.

“Não é verdade que tenha havido queda de vendas ou prejuízo da Coca-Cola Brasil relacionados a essa campanha. As latas com as fotos dos artistas estão começando a ser distribuídas ao mercado”, esclarece.

Leia também:
Após ler boato, vereador evangélico ameaça prender Pabllo Vittar
Texto de Fábio Assunção sobre Pabllo Vittar viraliza nas redes sociais

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários