Redação Pragmatismo
Política 11/Jul/2017 às 10:38 COMENTÁRIOS

Bombeiro é preso após gravar vídeo de tiroteio em escola da Maré

(Vídeo). Bombeiro grava tiroteio em escola da Maré e é preso. O subtenente foi punido por passar por cima de determinação da chefia da corporação que proíbe gravação em locais de socorro

bombeiro preso grava vídeo tiroteio maré rio de janeiro

O subtenente Silvio Rodrigues de Oliveira, do Corpo de Bombeiros, foi preso nesta segunda-feira após divulgar um vídeo gravado durante um tiroteio no Complexo da Maré em junho deste ano. Ele ficará detido no 2º GBM (Méier), quartel onde trabalha, por nove dias.

Na filmagem de cerca de 7 minutos, que foi compartilhada no Youtube e no Facebook, Silvio aparece escondido atrás de uma pilastra dentro de um Ciep (Centro Integrado de Educação Pública). Ele comenta o cheiro de pólvora e fala da aflição do momento: “É desse jeito que o bombeiro vive. A guarnição toda acuada. Se (um disparo) passar dessa pilastra eu tô morto“, diz.

Ele ainda mostra que está portando apenas uma mangueira (“é a nossa arma“) e reflete: “só falta a população achar que por isso somos covardes“. Ao final do vídeo, os bombeiros discutem sobre tentar sair do local: “mas se quiserem fazer covardia com a gente, vão fazer com polícia, com tudo“, diz Silvio.

Em nota, o Corpo de Bombeiros disse que a divulgação do vídeo descumpriu normas internas sobre a produção e divulgação de imagens de ocorrências: “o vídeo produzido não configura material oficial da instituição“. A corporação ressalta, ainda, que foi concedido ao bombeiro “amplo direito de defesa conforme preveem as normas que regem a corporação“.

O Dia

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários