Redação Pragmatismo
Barbárie 19/Apr/2017 às 14:58 COMENTÁRIOS

Enfermeiro espanca idosa de 78 anos em hospital de São Paulo

Idosa é covardemente agredida por enfermeiro em UTI de hospital em São Paulo. Dona Thereza Aparecida, de 78 anos, se recuperava de uma cirurgia quando sofreu puxões de cabelo e vários tapas no rosto

Uma idosa de 78 anos foi agredida por um enfermeiro na UTI do Hospital do Servidor Municipal de São Paulo na madrugada de domingo.

Thereza Aparecida se recuperava de uma cirurgia vascular feita na semana passada quando, segundo contou em um vídeo divulgado pelos filhos, foi agredida por um funcionário que estava de plantão.

De acordo com informações da TV Globo, o hospital confirmou a versão da idosa, que teria contado o fato para o médico ao ser questionada sobre um hematoma no rosto.

“Minha mãe realmente foi espancada. Ver minha mãe com olho roxo, o rosto roxo, o queixo roxo, impossibilitada de se defender, uma senhora de 78 anos, é inadmissível isso”, disse Hedilaine Aparecida Garcia, filha da vítima. “Foram puxões de cabelo, tapa na cara.”

Antes de ir para casa, a idosa ainda precisa se recuperar da cirurgia e das agressões. Os filhos, porém, estão com medo de deixá-la no hospital. “Ela ficou com medo do dormir à noite, achando que ele ia voltar para matar”, afirmou Hedilaine. A mulher não tem previsão de alta.

Pelo que o hospital apurou até agora, a agressão aconteceu no início da madrugada. Isso coincide com o que a Thereza contou para os filhos. Segundo a família, foram várias agressões ao longo da noite.

A direção afastou o responsável pelas agressões e informou que abrirá sindicância para apurar o fato que chamou de ‘desagradável’. O nome do agressor não foi divulgado pelo Hospital.

O Conselho Regional de Enfermagem (Coren-SP) também foi comunicado para avaliar a conduta do funcionário, que trabalha há 27 anos no hospital.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários