Redação Pragmatismo
Educação 29/Mar/2017 às 10:14 COMENTÁRIOS

João Doria se incomoda com comercial da Amazon, envia resposta e recebe tréplica

1ª campanha da Amazon para divulgar o Kindle no Brasil utilizou projeção visual para reproduzir trechos de livros nos muros pintados de cinza em SP e incomodou João Doria. Prefeito enviou resposta à empresa, que já rebateu com uma tréplica

João Doria cinza comercial da Amazon kindle

Para promover a nova versão do Kindle no Brasil, a Amazon usou como mote a polêmica da Cidade Linda, de João Doria (PSDB), e mesclou o tema com frases marcantes da literatura mundial.

O argumento do filme, chamado “#MovidosPorHistórias”, é o seguinte: “Pintaram os muros de cinza? A gente cobriu o cinza de histórias”.

No vídeo de um minuto, trechos de obras literárias aparecem como projeção nos muros pintados por Doria.

As regiões escolhidas são características como a Avenida 23 de Maio, o túnel Anhangabaú, a escadaria da Praça Roosevelt e o chamado túnel da Avenida Paulista.

A Kindle usou passagens de livros variados como Harry Potter e a Pedra Filosofal, de J. K. Rowlling, 1984, de George Orwell, 50 Tons de Cinza, de E. L. James, e O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry. No final, a marca revela que resolveu “cobrir o cinza de histórias”.

VÍDEO:

Resposta de Doria

A ação não agradou o prefeito de São Paulo. Através de postagem no Facebook, ele disse que viu o comercial da Amazon e provocou a empresa.

“Já que eles têm tanto amor pela nossa cidade, poderiam fazer de fato uma ação transformadora e ajudar nossas crianças doando livros para as bibliotecas, computadores e tablets para nossas escolas municipais”, afirmou o prefeito.

Um detalhe é que, apesar de ser líder no mercado de venda de livros, a gigante americana comandada pelo empresário Jeff Bezos não produz computadores.

Na legenda de seu post, Doria ainda argumenta que “existem várias formas de a Amazon ter uma postura cidadã autêntica e não oportunista”.

Ainda na rede social, a equipe de comunicação de João Doria tem rebatido comentários contrários à postura do prefeito, que pediam para que ele respeitasse a liberdade de expressão e de criação da marca.

Tréplica da Amazon

De maneira sutil, sem responder diretamente ao prefeito João Doria, a Amazon divulgou um novo vídeo (ver abaixo) em que anuncia a doação de centenas de aparelhos Kindle para “instituições que promovem cultura e educação”.

Além disso, a Amazon.com.br liberou o download gratuito de um livro digital na plataforma Kindle (que também inclui apps gratuitos para smartphones e tablets) a partir de uma seleção de 30 títulos, que inclui obras conhecidas como Laranja Mecânica, 2001 – Uma Odisséia no Espaço, Star Wars e Planet dos Macacos, entre outras.

Leia também:
Marqueteiro promete elevar popularidade de Temer de 3% para 50%
Governo Temer paga R$ 65 mil para youtubers elogiarem reforma do Ensino Médio
O restabelecimento do jornalismo-propaganda
Governo Temer bate recorde de gastos com publicidade federal
Governo fala em ‘cortes’ mas aumenta gastos com publicidade na mídia corporativa
Internautas criticam campanha machista do Ministério da Justiça

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários