Redação Pragmatismo
Educação 29/Mar/2017 às 10:14 COMENTÁRIOS

João Doria se incomoda com comercial da Amazon, envia resposta e recebe tréplica

1ª campanha da Amazon para divulgar o Kindle no Brasil utilizou projeção visual para reproduzir trechos de livros nos muros pintados de cinza em SP e incomodou João Doria. Prefeito enviou resposta à empresa, que já rebateu com uma tréplica

João Doria cinza amazon kindle

Para promover a nova versão do Kindle no Brasil, a Amazon usou como mote a polêmica da Cidade Linda, de João Doria (PSDB), e mesclou o tema com frases marcantes da literatura mundial.

O argumento do filme, chamado “#MovidosPorHistórias”, é o seguinte: “Pintaram os muros de cinza? A gente cobriu o cinza de histórias”.

No vídeo de um minuto, trechos de obras literárias aparecem como projeção nos muros pintados por Doria.

As regiões escolhidas são características como a Avenida 23 de Maio, o túnel Anhangabaú, a escadaria da Praça Roosevelt e o chamado túnel da Avenida Paulista.

A Kindle usou passagens de livros variados como Harry Potter e a Pedra Filosofal, de J. K. Rowlling, 1984, de George Orwell, 50 Tons de Cinza, de E. L. James, e O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry. No final, a marca revela que resolveu “cobrir o cinza de histórias”.

VÍDEO:

Resposta de Doria

A ação não agradou o prefeito de São Paulo. Através de postagem no Facebook, ele disse que viu o comercial da Amazon e provocou a empresa.

“Já que eles têm tanto amor pela nossa cidade, poderiam fazer de fato uma ação transformadora e ajudar nossas crianças doando livros para as bibliotecas, computadores e tablets para nossas escolas municipais”, afirmou o prefeito.

Um detalhe é que, apesar de ser líder no mercado de venda de livros, a gigante americana comandada pelo empresário Jeff Bezos não produz computadores.

Na legenda de seu post, Doria ainda argumenta que “existem várias formas de a Amazon ter uma postura cidadã autêntica e não oportunista”.

Ainda na rede social, a equipe de comunicação de João Doria tem rebatido comentários contrários à postura do prefeito, que pediam para que ele respeitasse a liberdade de expressão e de criação da marca.

Tréplica da Amazon

De maneira sutil, sem responder diretamente ao prefeito João Doria, a Amazon divulgou um novo vídeo (ver abaixo) em que anuncia a doação de centenas de aparelhos Kindle para “instituições que promovem cultura e educação”.

Além disso, a Amazon.com.br liberou o download gratuito de um livro digital na plataforma Kindle (que também inclui apps gratuitos para smartphones e tablets) a partir de uma seleção de 30 títulos, que inclui obras conhecidas como Laranja Mecânica, 2001 – Uma Odisséia no Espaço, Star Wars e Planet dos Macacos, entre outras.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários