Redação Pragmatismo
Política 09/Feb/2017 às 23:13 COMENTÁRIOS

Bolsonaro vai processar fotógrafo que flagrou seu diálogo com o filho

Fotógrafo diz que está sendo ameaçado por seguidores de Bolsonaro, mas que não tem medo do processo: "Espero que me processe. A foto mostra que ele dá o mesmo tratamento aos filhos que tem com mulheres e gays". Depois de 24 horas, deputado divulgou sua versão para a polêmica

bolsonaro celular filho eduardo

Jair Bolsonaro (PSC-RJ) afirmou nesta quinta-feira (9) que irá processar o fotógrafo que publicou no Facebook imagens que mostram o deputado em um diálogo ríspido no WhatsApp com o filho, o também deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP).

As imagens registradas pelo fotógrafo Lula Marques foram feitas no último dia 2 de fevereiro, quando Jair Bolsonaro teve apenas quatro votos na eleição para presidente da Câmara dos Deputados. Ele não contou sequer com o voto do filho Eduardo, que não compareceu à sessão.

Confira abaixo a transcrição da conversa flagrada.

Jair Bolsonaro diz:
“Papel de filho da puta que você está fazendo comigo! Tens moral para falar do Renan (outro filho de Bolsonaro)? Irresponsável. Mais ainda, compre merdas por aí. Não vou te visitar na Papuda. Se a imprensa te descobrir aí, e o que está fazendo, vão comer seu fígado e o meu. Retorne imediatamente”.

Eduardo Bolsonaro responde:
“Quer me dar esporro tudo bem. Vacilo foi meu. Achei que a eleição só fosse semana que vem. Me comparar com o merda do seu filho, calma lá.”

O diálogo indica que Bolsonaro está irritado pela ausência do próprio filho no plenário da Câmara no dia em que o pai disputaria a eleição pela Presidência da Casa.

Jair também se diz incomodado com os afazeres do filho na viagem e com uma possível má repercussão caso seja descoberto pela imprensa.

Processo

Em entrevista ao jornal Extra, o fotógrafo Lula Marques relatou que está sofrendo ameaças dos seguidores de Bolsonaro e que não teme ser processado pelo deputado.

“Quando soube que ele era candidato a presidente da Câmara, me posicionei para fotografá-lo. Mas só ontem (nesta quarta-feira), ao rever o material, vi o conteúdo do diálogo”, diz Lula.

“De início, publiquei fotos de dois trechos. Mas decidi divulgar o material com todo o diálogo depois de sofrer ataques de apoiadores do Bolsonaro. Este segundo post foi deletado pelo Facebook por volta das 10h de hoje (quinta)”, revelou.

Ao saber que o deputado pretende processá-lo, Lula Marques acrescentou: “Espero que me processe. A foto mostra que ele dá o mesmo tratamento aos filhos que tem com mulheres e gays”.

Austrália

Depois de mais de 24 horas da polêmica, Jair Bolsonaro surgiu com uma explicação. Segundo o deputado, seu filho Eduardo Bolsonaro estava na Austrália. Mas, antes, esteve nos Estados Unidos, onde supostamente quis comprar um fuzil, de acordo com a versão.

“[Eduardo] estava na Austrália. (…) Anteriormente quando estava nos Estados Unidos, ele falou que ia comprar um fuzil pra mim. (…) E como desabafo eu falei, continue comprando besteira aí que não vou te visitar na Papuda”, explicou.

Bolsonaro confirmou a informação divulgada por sua assessoria de que processaria Lula Marques. “Vou processar o fotógrafo, que já sei quem é, por invasão de privacidade”, disse.

Recomendados para você

Comentários