Redação Pragmatismo
Racismo não 18/Nov/2016 às 17:06 COMENTÁRIOS

Vídeo-campanha sobre racismo do governo do Paraná viraliza nas redes sociais

Publicado nesta quinta-feira, vídeo-campanha que mostra funcionários de Recursos Humanos analisando fotos de pessoas brancas e negras já tem mais de 255 mil compartilhamentos e 100 mil curtidas

campanha racismo paraná negros trabalho
Campanha contra o racismo do Governo do Paraná (Montagem: Pragmatismo Político)

O governo do estado do Paraná divulgou hoje (17), no Facebook, um vídeo impactante e poderoso.

A campanha oficial expõe como o racismo existe nos pequenos detalhes e está “inserido” na mente das pessoas e em seus julgamentos diários – e como isso pode afetar entrevistas de emprego.

Chega de fingir que é normal”, o perfil do governo paranaense escreveu para divulgar a campanha.

O vídeo é um experimento social gravado com câmeras escondidas em uma sala.

Dois grupos, com quatro profissionais de Recursos Humanos cada, foram convidados para uma reunião.

Um homem mostrava fotos para o grupo e pedia para que falassem o que achavam que a imagem representava.

Um homem correndo. Uma mulher segurando uma roupa em uma loja. Um homem de terno. Uma mulher lavando a pia de casa. Uma mulher grafitando um muro.

A diferença: para um grupo, pessoas brancas estavam nas fotografias; para outro, as pessoas das fotos eram negras.

No caso das fotografias de pessoas brancas, os profissionais de RH descreviam o homem de terno como alguém poderoso, um empresário.

Já o homem correndo era só um homem correndo. A mulher lavando a pia estava cuidando de sua própria casa. A mulher grafitando o muro era “artista”. A mulher segurando a roupa era estilista.

As fotos com modelos negros, representando as mesmas situações e contextos, causou reações bem diferentes.

O homem de terno era “segurança” ou “motorista particular”. A mulher na cozinha era “faxineira”. O homem correndo era “ladrão”. A mulher grafitando o muro era “pixadora”. A mulher segurando a roupa era “vendedora da loja”.

A diferença de percepção ficou bem clara.

O perfil do governo do estado de Pernambuco comentou o vídeo: “Parabéns pela campanha, Governo do Estado do Paraná. Estamos juntos na luta contra o preconceito racial. Uma luta inteiramente necessária para construímos uma mais sociedade justa e igualitária. Chega de fingir que é normal!”.

Assista:

Leia também:
Juíza brasileira com currículo internacional revela trajetória de racismo na profissão
Ridicularizada, funcionária negra é demitida após denunciar chefe
Estudante negro é chamado de ‘macaco’ por professora em sala de aula
Derrubada a tese da superioridade branca, restou a desigualdade
Estudante acusado de roubo se arrepende de ter dito que “racismo não existe”
A internet revela que o Brasil é um dos países mais racistas do mundo

Guilherme Dearo, EXAME

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários