Redação Pragmatismo
Copa do Mundo 01/Jul/2014 às 18:57 COMENTÁRIOS
Copa do Mundo

Tostão defende o choro da seleção

Publicado em 01 Jul, 2014 às 18h57

Tostão: "O choro é que salva a seleção". Ídolo da Copa de 70 se diz contra a onda de comentários de que o problema da Seleção é emocional

choro seleção chile neymar copa 2014
“O que salva a seleção é o envolvimento emocional dos jogadores, empurrados pela torcida e pela pressão de jogar em casa”

O ex-jogador Tostão, ídolo da Copa de 70, se posiciona contra críticas ao emocional da Seleção brasileira, “como se o choro fosse incompatível com a razão e a lucidez”.

“O que salva a seleção é o envolvimento emocional dos jogadores, empurrados pela torcida e pela pressão de jogar em casa. Evidentemente, em algum momento, acontece uma exagerada reação emocional. É inevitável. Aí, tem de entrar Felipão, com a ajuda da psicóloga”, diz.

Quanto as chances do Brasil diante da Colômbia, diz que James Rodríguez tem brilhado em lances isolados, e que o volante Cuadrado é o que mais preocupa. A íntegra do artigo de Tostão pode ser lida aqui.

COMENTÁRIOS