Luis Soares
Colunista
Eleições 2012 02/Ago/2012 às 03:00 COMENTÁRIOS
Eleições 2012

Globo vs Haddad: emissora recua e decide dar espaço ao candidato do PT

Luis Soares Luis Soares
Publicado em 02 Ago, 2012 às 03h00

Rede Globo havia proposto cobrir diariamente apenas os dois primeiros colocados nas pesquisas eleitorais em seus telejornais, o que deixaria Haddad de fora. O PT tinha ameaçado entrar na justiça caso a decisão não fosse revista

haddad globo

PT havia ameaçado representar contra a globo na justiça. Emissora voltou atrás de decisão. Foto: reprodução

O petista Fernando Haddad tem menos um problema para se preocupar em sua até agora inexpressiva campanha à Prefeitura de São Paulo. Sob pressão do PT e do PMDB, a TV Globo recuou do plano de cobrir diariamente em seus telejornais apenas os dois primeiros colocados nas pesquisas de intenção de voto na capital paulista, o que garantiria maior exposição a José Serra (PSDB) e Celso Russomanno (PRB), enquanto os candidatos do bloco intermediário em São Paulo — Fernando Haddad (PT), Soninha Francine (PPS), Gabriel Chalita (PMDB) e Paulinho da Força (PDT) — se revezariam em no máximo duas aparições por semana.

O PT havia ameaçado ir à Justiça Eleitoral para garantir a presença diária de seu candidato nos telejornais. Pela nova proposta, apresentada aos partidos nesta terça-feira, os jornais “SP TV” e “Bom Dia SP” vão acompanhar Serra, Russomanno, Haddad, Soninha, Chalita e Paulinho.

Leia mais

A emissora da família Marinho também se comprometeu a realizar debate com os seis principais candidatos, mas depende de acordo com Carlos Gianazzi (PSOL) e Levy Fidelix (PRTB) para confirmar o encontro, pois ambos ficariam de fora.

A lei eleitoral prevê que todos os candidatos de partidos com representação na Câmara têm direito a participar de debates na TV. Para viabilizar os debates, as emissoras costumam propor aos candidatos dos partidos menos expressivos a alternativa de conceder entrevistas em telejornais.

Recomendações

Comentários