Luis Soares
Colunista
Política 15/Mai/2012 às 18:01 COMENTÁRIOS
Política

Apresentador Datena diz que pode se demitir da Band por pressão de Kassab

Luis Soares Luis Soares
Publicado em 15 Mai, 2012 às 18h01

Datena ainda disse ter responsabilidade pela carreira política do prefeito e o chamou de “ingrato”. “Se tem alguém que defendeu esse prefeito, que ajudou a colocar esse cara no gibi, fui eu”, afirmou.

datena kassab ingrato

"Eu tinha compromisso com o bom prefeito que ele era. Deixou de ser, porrada nele", afirmou Datena, em referência à Gilberto Kassab

Pauta indicada por Wagner Iglecias

Em seu programa matinal na rádio Bandeirantes (90,9 FM) desta terça-feira, o apresentador José Luiz Datena ameaçou “pegar o boné” (se demitir) da Band, e que os ouvintes deveriam saber que, se ele sair do ar, “já sabem o motivo”. O motivo, no caso, seria uma suposta pressão do prefeito Gilberto Kassab a Datena e à Band, por causa das denúncias que ele vem repercutindo em seu programa.

Datena se referia ao caso revelado ontem pela Folha (leia aqui), sobre o ex-diretor da Prefeitura de São Paulo e ex-assessor de Kassab, Hussain Aref Saab, que teria acumulado cerca de R$ 50 milhões em imóveis durante a última década. Aref era chefe do Departamento de Aprovação de Obras, responsável pela liberação de construções e reformas de imóveis em São Paulo.

“Isso é coisa de crime organizado, de máfia. O cara (Aref) tem quase 70 anos de idade, acha que ele ia fazer sozinho? O que eu fico indignado é esse prefeito achar que é uma coisa pessoal (quando a gente faz) denúncias contra ele (sua administração)”, declarou Datena.

Leia mais

O apresentador ainda chamou Kassab de “ingrato” e disse ter sido um dos responsáveis por sua carreira política.

“Se tem alguém que defendeu esse prefeito, que ajudou a colocar esse cara no gibi, fui eu”, afirmou o apresentador. “Sempre defendi o Kassab, sempre o colocava no ‘Brasil Urgente’, quando ele era combativo, enfrentava enchentes…”, continuou.

“Esse cara é um ingrato, acima de tudo. Fiz (ajudei) porque achava que era um baita de um prefeito. Quando o cara esqueceu de ser bom político, e começou a querer fundar partido, e esquecer a cidade, eu sentei o cacete mesmo. Eu tinha compromisso com o bom prefeito que ele era. Deixou de ser, porrada nele.”

Procurada, a assessoria de Kassab não quis comentar.

Folha Online

Recomendações

Comentários

  1. geoneds Postado em 15/Mai/2012 às 18:17

    "ladrão que rouba ladrão, 100 anos de perdão" hehehehehe Isso que dá ser "Mano da onça"