Redação Pragmatismo
Compartilhar
Cinema 14/Aug/2014 às 17:20
6
Comentários

A perseguição à filha de Robin Williams

Filha de Robin Williams está aprendendo que o amor e a generosidade da comunidade on-line são equivalentes à sua mediocridade. Maníacos que infligem dor por esporte estão cada vez mais atuantes

zelda filha robin williams
Zelda e seu pai, Robin Williams (divulgação)

Zelda Williams, a filha de 25 anos de Robin Williams, anunciou que estava dando uma pausa na mídia social depois de ter sido trolada no Twitter e em outros lugares.

O amor e a generosidade da comunidade on-line são tão reais quanto seus elementos mais baixos. A Williams mais jovem postou uma breve mensagem no Twitter, uma citação de Antoine de Saint-Éxupery: “Eu te amo. Eu sinto sua falta. Vou tentar manter a cabeça erguida. Z.”

Mais tarde, ela acrescentou, depois de uma onda de doações para sua página de angariação de fundos para o hospital infantil St. Jude: “Obrigada a todos os doadores da St Jude em memória de meu pai. Estou maravilhada. A caridade significava tudo para ele, assim como para mim. Saber que muitas crianças serão ajudadas em sua honra é tudo o que eu poderia ter pedido. Obrigada, do fundo do meu coração. Obrigada.”

SAIBA MAIS: Filha de Robin Williams deixa Redes Sociais após ataques

Em seu Tumblr, ela acrescentou uma declaração mais longa, uma homenagem eloquente: “Para aqueles que ele tocou e que estão enviando​ palavras amáveis, saibam que o que ele mais gostava no mundo era de fazer todos rirem.”

Mas acrescentou: “Quanto àqueles entre vocês que estão enviando negatividade, saibam que um parte pequena e risonha dele está enviando um bando de pombos para sua casa para fazer cocô em seu carro. Logo depois de vocês o lavarem. Afinal, ele gostava de rir também.”

Embora não tenha especificado a “negatividade”, ela postou depois – e apagou – um post de dois usuários do Twitter que supostamente enviaram imagens de Photoshop de seu pai morto. “Por favor, denunciem @PimpStory @MrGoosebuster”, escreveu. “Eu estou tremendo. Eu não consigo. Por favor. O Twitter requer um link e eu não vou abrir. Nem vocês. Por favor.”

Ambas as contas foram suspensas. Logo depois, ela postou outro tuíte: “Eu sinto muito. Eu deveria saber. Excluir isso dos meus aparelhos por um bom tempo, talvez para sempre. O tempo dirá. Adeus.”

Na terça-feira à noite, Zelda elaborou mais no Instagram, postando uma fotografia de uma borboleta e explicando: “Eu vou abandonar esta conta por um tempo, enquanto eu me cuido e decido se vou excluí-la ou não. Neste momento difícil, por favor, tente ser respeitoso com as contas de minha família e de meus amigos. Cavoucar nossos perfis para achar fotos de meu pai ou me julgar por causa do número delas é cruel e desnecessário… Eu compartilhei com ele um mundo onde todos estavam tirando fotos com ele, mas eu tive sorte o suficiente para passar um tempo com ele sem câmeras também. Obrigada pelo respeito e a compreensão neste momento difícil. Adeus. Beijos.”

É uma resposta comedida e reflexiva para o que deve ser um sofrimento adicional horrendo. A família Williams teve a sua privacidade ignorada ao longo desta semana, assim como seus pedidos explícitos de paz e espaço. Eles foram perseguidos pela imprensa e monitorados pela escória que gastou tempo criando e enviando imagens explícitas e doentes. No entanto, eles responderam com dignidade e ternura.

É apavorante o suficiente perder um ente querido em qualquer circunstância. É adicionalmente horrível quando a perda é súbita, e ainda mais cruel quando a perda foi auto-infligida. E qualquer um que está adicionando um pingo de sofrimento adicional a essa família agora merece um dilúvio infinito de cocô de pombo.

Mas, se existe uma pequena graça a ser encontrada em todo esse triste caso, é o exemplo que Zelda Williams deu com sua resposta madura e graciosa e as manifestações de solidariedade que ela recebeu. Quando você está acostumado a ver com freqüência o lado mais preocupante da cultura da Internet, muitas vezes é difícil lembrar que a maioria das pessoas realmente não são sociopatas movidos a raiva.

O mundo está cheio de pessoas decentes que se comportam de forma adequada na maioria das vezes. Zelda Williams está tirando algum tempo para lamentar seu pai e ficar perto de sua família. E é claro que ela já sabe que há uma grande comunidade lá fora de pessoas que adorava o pai. Eles apenas nadam, infelizmente, na mesma corrente dos maníacos que infligem dor por esporte.

Mary Elizabeth Williams, originalmente publicado em Salon

Recomendados para você

Comentários

  1. Alessandro Postado em 14/Aug/2014 às 19:25

    A internet é o anel de Gyges, atrás dela pessoas normais se transformam em poços de ódio e cólera.

    • Sérgio Postado em 29/Apr/2015 às 21:48

      Se transformam, ou apenas se revelam?

  2. Stella Postado em 14/Aug/2014 às 20:09

    Que gente louca!

  3. Carlos Santos Postado em 14/Aug/2014 às 23:04

    Imagine quando ela descobrir a esgotosfera que posta que se esconde atrás de nomes falsos para espalhar ódio político e calúnias.

  4. Wendell F. Medeiros Postado em 15/Aug/2014 às 01:43

    Zbgniew, infelizmente tenho fortes suspeitas de que você é uma pessoa completamente sem noção e coxinha. Parabéns! você desbloqueou a medalha "comentários idiotas do ano", favor dirigir-se para a ala infantil onde são providenciados os prêmios para pessoas com seu nível de maturidade.

  5. caio Postado em 16/Aug/2014 às 16:36

    Fato curioso: O nome da filha de Robin Willians, Zelda, foi escolhido por causa do game "Legend of Zelda", sem zueira, procurem a entrevista no youtube.