Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Mídia desonesta 02/May/2012 às 17:55
3
Comentários

Revista Veja defende 'pobres banqueiros' e ataca Dilma Rousseff

Para a família Civita, de origem europeia, o Brasil deveria fazer como a Grécia e a Itália, que entregaram os seus governos para os banqueiros – sem nem precisar de eleições democráticas.

veja cpi cachoeira revista esgoto

Esgoto sem fim: Além de esconder, por estar diretamente envolvida, um dos maiores escândalos de corrupção de que já se teve notícia, Veja sai em defesa dos grandes bancos sem qualquer constrangimento .

Altamiro Borges, em seu Blog

A revista Veja não mantém estranhas ligações apenas com o crime organizado – que finalmente poderão ser desnudadas se a CPI do Cachoeira convocar os seus “capos” para prestarem esclarecimentos. Ela também nutre sólidas e lucrativas relações com os agiotas financeiros que saqueiam o país e lhe garantem polpudos anúncios publicitários. Com o mafioso, as ligações eram na moita. Com os banqueiros, elas são explícitas!

Tanto que a revista da famiglia Civita, em sua versão online, já saiu atirando contra o pronunciamento da presidenta Dilma Rousseff, transmitido em rede nacional de rádio e tevê, por ocasião das comemorações do Dia Internacional dos Trabalhadores. Para a revista, “ao atacar os bancos, Dilma copia Cristina Kirchner”, esbraveja o título do artigo, assinado por Benedito Sverberi.

Defesa da agiotagem financeira

O texto parece ter sido encomendado pelos “pobres” banqueiros. Eles seriam alvos dos ataques injustos da presidenta, que “teria adotado a estratégia ‘Cristina Kirchner’ de escolher um bode expiatório para mitigar as mazelas do governo. Por esta estratégia, ainda que algum resultado prático possa ser atingido, esconde-se uma lista de reformas que o Planalto tem obrigação de adotar – e que não o faz por um misto de comodismo e inoperância”.

Leia mais

O texto é um primor na defesa da agiotagem financeira. “Se o governo quer mesmo empreender uma ‘guerra’ contra o crédito caro, e não contra o setor bancário, há muito trabalho pela frente. É inegável que os bancos possuem elevada lucratividade em suas operações. Esta condição, contudo, não configura um problema. Própria do capitalismo, ela não necessariamente se traduz em alto custo a pessoas físicas e jurídicas”. De onde a revista tirou a ideia de jerico de que “não se traduz em alto custo”?

Relação promíscua com os banqueiros

Com a inteligência econômica de quem apoiou o desmonte neoliberal, a Veja avalia que é um erro cutucar os banqueiros. “Em vez de simplesmente escolher uma ‘suposta fonte de todos os males para bater’ – como faz a colega argentina, Cristina Kirchner, que comprou briga com a Inglaterra pelas Malvinas (de novo!) e, mais recentemente, com a Espanha por supostos baixos investimentos na petroleira YPF –, a presidente Dilma poderia adotar uma política mais sensata”.

Para a famiglia Civita, de origem europeia, o Brasil deveria fazer como a Grécia e a Itália, que entregaram os seus governos para os banqueiros – sem nem precisar de eleições democráticas. A defesa apaixonada dos banqueiros talvez explique porque a Veja tem tantos anúncios de instituições financeiras – inclusive, infelizmente, de bancos públicos.

Recomendados para você

Comentários

  1. Henrique Postado em 02/May/2012 às 22:24

    A 'veja' tinha não mão o caso enxurrada, ou melhor o caso cachoeira e não fez nada sobre a corrupção O que se vê é uma gritaria conservadora, elitista, imobilista, reacionária e mentirosa. É a inaptidão de uma imprensa(?) que se diz investigativa, mas ela só é seletiva. Ou é uma imprensa(?) burra ou a ignorância é proposital. Se houvesse competência, esta imprensa(?) não seria partidária. O fato é que ela nã perde em nada para o ‘murdoch’. O que falta para a lei de imprensa?

  2. Zorro Postado em 04/May/2012 às 01:42

    ....é, como tudo vai acabar em pizza, a muralha que protege os magnatas agora reforçada pela solidária imprensa civita, ,mais uma vez tentará desequilibrar a governança, cutucar os ricos para o benefício dos "pobres banqueiros" aliás, por onde anda o famigerado porreta Daniel Dantas ? na certa numa espreguiçadeira de praia na ponta dos Garcez, sua Ilha particular, bando de f.d.ps

  3. oilson carlos amaral Postado em 04/May/2012 às 12:38

    Esta é a melhor reportagem do ano. Parabéns ao Blog por tornar visível um dos maiores problemas brasileiros - a agiotagem (pelo menos é assim que vejo os maiores juros do planeta teria outro nome?). E a revista VEJA está cada vez mais transparente, graças a Deus!!!