Redação Pragmatismo
Eleições 2022 21/Dez/2021 às 10:35 COMENTÁRIOS
Eleições 2022

Olavo diz que foi usado por Bolsonaro e que "briga está perdida em 2022"

Publicado em 21 Dez, 2021 às 10h35

Em live com ex-ministros do governo, Olavo de Carvalho prevê derrota de Bolsonaro para Lula em 2022 e fala em ‘briga perdida’. Escritor disse que foi usado pelo atual presidente como ‘poster boy’ para se eleger: ‘não leu um livro meu’

bolsonaro olavo

Olavo de Carvalho afirmou nesta segunda-feira (20) que foi usado por Jair Bolsonaro como “poster boy” para “se promover e se eleger”. Segundo o escritor, “a briga já está perdida”. A declaração foi dada durante uma live que contou com a participação de Ricardo Salles e Abraham Weintraub.

“O Brasil vai se dar muito mal, gente. Não venham com esperanças tolas, porque, é o seguinte, a briga já está perdida. Existem chances de fazer voltar… existe uma chance remota, mas só se o Bolsonaro acordar, mas eu não sei como fazê-lo acordar. Dizem que eu sou o ‘guru do Bolsonaro’. Isso é absolutamente falso. Conversei com ele somente quatro vezes na minha vida. E duvido que ele tenha lido um só livro inteiro. Se ele tivesse lido com atenção, teve muita coisa que ele fez e não faria. E meu curso que tem 570 aulas? Ele assistiu alguma? Duvido!”, afirmou.

“Então, a minha influência sobre o Bolsonaro é zero. Ele me usou como ‘poster boy’. Me usou para se promover, para se eleger. E, depois disso, não só esqueceu tudo o que dizia como até os meus amigos que estavam no governo, ele tirou”, completou.

Olavo afastou, ainda, a ideia de que o atual presidente representaria a direita brasileira. “No Brasil só tem duas possibilidades: ou você é comunista ou você é neutro. Não existe direita. Existe bolsonarismo”, concluiu.

Esta não é a primeira vez que Olavo tenta se afastar do presidente. Em novembro do ano passado, o escritor disse que Bolsonaro deveria renunciar se não defendesse ‘os mais fiéis amigos’. Também em 2020, chegou a falar que poderia “derrubar o governo” (relembre aqui).

Recomendações

COMENTÁRIOS