Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 05/Fev/2020 às 12:50 COMENTÁRIOS
Mulheres violadas

Marido mata a esposa grávida e publica post no Facebook dela

Publicado em 05 Fev, 2020 às 12h50

Marido mata a esposa grávida e publica texto no Facebook da vítima fingindo ser ela. Ele confessou que assassinou a mulher durante relação sexual. Francine deixa uma filha de 3 anos e um filho de 1 ano

marcelo francine rigo esposa grávida
Marcelo e Francine

Neste início de fevereiro, investigadores conseguiram elucidar um crime ocorrido na noite do dia 22 de dezembro do ano passado na cidade de Várzea Paulista (SP).

Na ocasião, Marcelo Augusto de Sousa Araújo, de 21 anos, foi preso por ser o principal suspeito do assassinato da esposa, Francine Rigo dos Santos, de 22 anos.

Após mais de um mês preso, Marcelo confessou que usou uma lâmina para matar a esposa enquanto eles mantinham relação sexual. O depoimento foi realizado em um interrogatório.

Horas depois de assassinar Francine, o rapaz fez publicações nas redes sociais se passando por ela. A família tentou contato com a vítima no dia seguinte, sem sucesso. Por isso, foram até a casa dela, arrombaram a porta e a encontraram sem vida.

A casa estava suja de sangue e o marido, Marcelo Augusto de Sousa Araújo, foi achado com ferimentos nos pulsos e no pescoço após tentar se matar.

Segundo Marcelo, no dia 22 de dezembro ele discutiu com a esposa sobre a ceia de Natal e também se desentenderam por causa da gravidez de Francine. Marcelo não queria filhos.

De acordo com a Polícia Civil, a maquiadora Francine Rigo sofreu vários golpes de faca em casa. No texto em que se passou pela esposa usando o Facebook pessoal dela, Marcelo escreveu:

“Não aguento mais toda pressão psicológica que minha família e a do Ma fez contra nossa união. Não somos tão perfeitos, mas sentimos algo ao nos casar que não sabemos explicar. Talvez o fato de sermos melhores amigos ajudou bastante nossa união, porque a gente é bem apegado. Ele fez eu sentir algo que ninguém mais fez, mas mesmo assim não é a mesma coisa”

Em outra página profissional da maquiadora, Marcelo publicou fotos de tutoriais de maquiagem em 23 de dezembro, um dia após o assassinato da mulher. “Segundo a família e as circunstâncias de horário, ele movimentou as redes sociais dela já morta.”, afirma o delegado Rafael Diorio.

Uma carta que Marcelo escreveu se passando por Francine foi apreendida pela polícia. “O depoimento dele é confuso, porém as peças se encaixaram”, relata o delegado.

Declaração de amor

Uma postagem de Francine em setembro do ano passado, meses antes de ser morta, falava sobre o amor. “Nossos destinos foram traçados na maternidade. Filho da melhor amiga de infância da minha mãe, crescemos juntos, estudamos juntos, meu vizinho amigo de portão e de ficar na rua, agora marido”.

Este era o segundo casamento de Francine. Ela era mãe de uma menina de 3 anos e de um menino de 1 ano de idade. Marcelo Augusto responderá por feminicídio.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários