Redação Pragmatismo
EUA 06/Fev/2020 às 17:53 COMENTÁRIOS
EUA

Em live, Bolsonaro se irrita com seguidores que o chamam de "bajulador de Trump"

Publicado em 06 Fev, 2020 às 17h53

Jair Bolsonaro faz mais uma live com Donald Trump na TV e se irrita ao ser chamado de bajulador

Bolsonaro live trump
Submisso, Bolsonaro faz mais uma live assistindo Donald Trump

O presidente Jair Bolsonaro fez uma transmissão ao vivo hoje nas redes sociais para comemorar a absolvição de Donald Trump em processo de impeachment nos Estados Unidos.

De frente para a TV e com o auxílio de um tradutor, o mandatário acompanhou o discurso do norte-americano, com pausas para comentários e críticas aos adversários.

Durante a exibição em sua rede social, o mandatário brasileiro se irritou com postagens de seguidores que o chamavam de “bajulador”.

“Ninguém fique pensando que eu estou aqui bajulando o Donald Trump”, retrucou. “Indo bem os Estados Unidos, quanto menos problemas tivermos no mundo, mais fácil para nós tratarmos das nossas relações bilaterais.”

Bolsonaro também se justificou: “Tenho realmente que acompanhar o que está acontecendo”. Segundo ele, alguns apoiadores pedem que “ele governe o Brasil e esqueça o mundo”, mas isso não seria correto. “Nenhum país do mundo pode viver de forma isolada”.

Irritado, Bolsonaro pediu que o público que o acompanha nas redes faça apenas “críticas construtivas”. Em dado momento, ele se referiu a seguidores como “idiota” e disse que, à época do PT no poder, o chefe do Executivo federal “bajulava Maduro e Chávez”.

Durante a live, Bolsonaro disse se enxergar em uma situação muito semelhante a de Trump nos Estados Unidos, sobretudo em relação aos familiares.

O presidente afirmou que “todos os filhos estão sendo investigados”. Na verdade, o único que está efetivamente na mira da Polícia Federal é o mais velho, o senador Flávio BolsonarO.

Recomendações

COMENTÁRIOS