Redação Pragmatismo
Desigualdade Social 29/Nov/2019 às 09:29 COMENTÁRIOS
Desigualdade Social

Eduardo Bolsonaro culpa a imprensa para justificar “perrengue” da esposa

Publicado em 29 Nov, 2019 às 09h29

‘Perrengue’ de Heloísa Bolsonaro com pelo menos R$ 33 mil por mês é ‘é deboche’ com brasileiros, diz PSOL. Após repercussão, Eduardo Bolsonaro tentou justificar fala da esposa

Heloísa e Eduardo Bolsonaro
Heloísa e Eduardo Bolsonaro

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) tentou explicar em uma sequência de tuítes a declaração de sua esposa, Heloísa Bolsonaro, de que eles passariam ‘perrengue’ com o salário de deputado de Eduardo.

“A gente não fica andando de iate e barco à toa, de jatinho, de primeira classe… a gente passa muito perrengue também. Quando a gente vai pros Estados Unidos, economiza”, contou Heloísa em seu Instagram (vídeo abaixo). O salário de deputado federal é de R$ 33.763,00, fora diversos benefícios, como auxílio-paletó e auxílio-moradia.

Sobre a declaração da esposa, Eduardo Bolsonaro sugere que a renda de Heloísa diminuiu após reportagem da Época que revelou o que ela dizia aos clientes em suas sessões de “coaching”.

“Ela, que já fazia apenas atendimentos virtuais e não mais presenciais por motivos de segurança, após a matéria da Época simplesmente não encontrou mais clima para atender seus clientes, pois sempre pesava sobre si a desconfiança de qualquer deles ser um “jornalista” disfarçado. Ela encerrou suas atividades como coach após aquela matéria porca”, escreveu o filho do presidente.

“Deboche”

O deputado David Miranda (PSOL-RJ) considerou deboche o vídeo publicado pela mulher de Eduardo. Parece deboche com o povo brasileiro”, disse o parlamentar.

Segundo Miranda, estudo recente apontou que metade da população do nosso país vive com míseros R$413,00 por mês. “Enquanto o povo passa fome, Heloísa Bolsonaro acha que ‘passa perrengue’”, criticou o deputado.

Anielle Franco, irmã da ex-vereadora Marielle Franco, foi às redes sociais para comentar a declaração de Heloísa Bolsonaro. “O novo conceito de passar perrengue foi atualizado galera: salário de 33 mil na conta para todos e todas! Me poupeeee migues! O dia q tu pisar na maré ou em qq outra favela e ouvir como sobrevivemos, tu fala sobre perrengue! No mais… shut up! Quanto deboche e falta de senso!”

Salário e benefícios

Atualmente, apenas o salário de um deputado federal é de R$ 33.763, mas os rendimentos chegam a valores muito maiores quando somados todos os benefícios. Além do salário, cada parlamentar ainda recebe mensalmente:

Auxílio moradia: R$ 4.253

Verba mensal para Exercício da Atividade Parlamentar: até R$ 45.612,53

Verba destinada à contratação de pessoal: R$ 106.866,59

Despesas com saúde: os deputados têm atendimento no Departamento Médico da Câmara (Demed) e podem pedir reembolso para despesas médico-hospitalares realizadas fora do Demed. Deputados em exercício do mandato e seus familiares que podem ser incluídos como dependentes no Imposto de Renda têm direito de utilizar o departamento.

Ajuda de custo: no início e no fim do mandato, o parlamentar recebe ajuda de custo equivalente ao valor mensal da remuneração. A ajuda é destinada a compensar as despesas com mudança e transporte e não será paga ao suplente que for reconvocado dentro do mesmo mandato.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários