Redação Pragmatismo
Direita 13/Set/2019 às 14:23 COMENTÁRIOS
Direita

Esposa diz que Eduardo Bolsonaro é seu “case de sucesso” e dá dicas de leitura

Publicado em 13 Set, 2019 às 14h23

Repórter finge ser cliente e entra em contato com esposa de Eduardo Bolsonaro, que atua como “coaching”. A mulher cobra caríssimo para indicar blogueiros de extrema-direita. “A pessoa se torna muito mais inteligente e culta, eu amo”. Irritado, Jair Bolsonaro se manifestou

esposa de eduardo bolsonaro coaching
A ‘coaching’ e esposa de Eduardo Bolsonaro, Heloísa (reprodução/instagram)

O repórter João Paulo Saconi, da revista Época, matriculou-se no curso de ‘coaching on-line’ da nora do presidente da República e possível futura embaixatriz brasileira em Washington, Heloísa Wolf Bolsonaro, de 27 anos.

“Há quatro meses, antes de se casar, ela ministrava aulas usando apenas o nome de solteira e cobrava R$ 500 pelo curso mais barato. Com o casamento e o novo sobrenome, o mínimo cobrado pelas aulas saltou para R$ 1.350″, relata o jornalista.

Saconi conta que recebeu lições ao estilo das que têm ajudado o deputado federal Eduardo Bolsonaro a se preparar para a sabatina no Senado à qual está submetida sua ida para Washington.

Em seu curso de autoconhecimento, a coach cita o marido como um “case de sucesso” e indica leituras de canais de influenciadores digitais da extrema-direita para “acompanhar menos notícias tristes”.

“Ele [Eduardo] é super meu case de sucesso. Faço várias coisas: ‘Ó, agora tu vai fazer isso, depois vai fazer aquilo’. Mas não para a embaixada em si — não é? —, porque isso depende dos senadores”, declara Heloísa.

“Claro, depende de ele fazer a parte dele, e ele está fazendo, mas também depende de outras pessoas aprovarem. Mas, enfim, para fazer um bom trabalho para o país, o que ele tem de fazer, ele tem de cuidar de si”, diz a coach sobre o marido em uma das aulas.

Entre as dicas para se tornar “mais inteligente e culto” e se sentir menos triste com as notícias que assolam o país, Heloísa indica o site Brasil Paralelo, usado pelo marido para estudar História do Brasil na preparação para a sabatina que fará no Senado ante de assumir a embaixada em Washingtont.

“Depois de assistir, a pessoa se torna muito mais inteligente e culta, eu amo!”, recomendou ao jornalista junto com uma lista que inclui os mesmos nomes citados pelo marido nas redes sociais: Terça Livre, Senso Incomum, Renova Mídia, Allan Santos, Filipe G. Martins, Tradutores de Direita, Ideias do Caio Copolla, além de, claro, Olavo de Carvalho, “frequente nas referências afetivas do casal”, diz o repórter.

Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para criticar a reportagem da revista Época que descreve sessões de “coaching” em curso oferecido publicamente por Heloísa, esposa de Eduardo.

Em postagem intitulada “Imprensa sem limites”, o presidente afirma que: “Sem se identificar, o jornalista se passou por gay e fez sessões com minha nora Heloísa e gravou tudo. A conversa que deveria ficar apenas entre os dois, por questão de ética, agora vem a público”, esbravejou o presidente.

Coaching

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários