Redação Pragmatismo
Direita 11/Nov/2019 às 18:00 COMENTÁRIOS
Direita

Quem é a advogada que incitou o estupro das filhas dos ministros do STF

Publicado em 11 Nov, 2019 às 18h00

Advogada do Rio Grande do Sul incita o estupro e o assassinato das filhas de ministros do STF após liberdade de Lula. OAB/RS cobra providências

advogada Cláudia Teixeira Gomes
A advogada Cláudia Teixeira Gomes

A advogada Cláudia Teixeira Gomes usou as redes sociais para sugerir o estupro e a morte das filhas dos ministros do Supremo Tribunal Federal. Ela escreveu: ‘Que estuprem e matem as filhas dos Ordinários ministros do STF’.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Sul, Ricardo Breier, encaminhou um ofício ao Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem nesta segunda, 11, para cobrar ‘providências imediatas’.

Cláudia postou seu comentário depois que o Supremo enterrou a prisão na segunda instância. Por seis votos a cinco, os ministros da Corte máxima decidiram respeitar o que diz a Constituição Brasileira.

O comentário da advogada incita a violência, disse Ricardo Breier. “Vai na contramão da postura exigida a um profissional representante da cidadania.”

O presidente da Ordem continua. “Incitar, publicamente, a violência é atentar contra as boas práticas de conduta que regem o Estado Democrático de Direito, ainda mais vindo de uma advogada que presta juramento no qual está decretado o seu papel em defesa da constituição.”

Breier pediu urgência na condução do caso e encaminhou ofício a Dias Toffoli, presidente do Supremo, para informá-lo da ação.

Nas redes sociais, a advogada Cláudia Teixeira Gomes se define como “cidadã de bem” e aparece em marchas “em defesa da corrupção” e contra a “ameaça comunista no Brasil”.

informações de Agência Estado

Siga-nos no Instagram | Twitter | Facebook

Recomendações

Comentários