Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 11/Out/2019 às 10:31 COMENTÁRIOS
Mulheres violadas

Universitária Mariana Bazza foi estuprada antes de ser morta, revela laudo

Publicado em 11 Out, 2019 às 10h31

Vítima de feminicídio, laudo aponta que Mariana Bazza foi estuprada antes de ser morta. Junto com as imagens obtidas por câmeras de segurança, documento encerra as especulações e dúvidas sobre o caso

Mariana Bazza laudo
Mariana Bazza e Rodrigo

A universitária Mariana Bazza, 19, foi estuprada antes de ser morta em Bariri (SP), segundo informações do laudo necroscópico do IML de Araraquara.

O documento faz parte dos autos da denúncia do Ministério Público encaminhada à Justiça nesta semana contra Rodrigo Pereira Alves, de 37 anos.

Rodrigo, único acusado do crime, foi denunciado por estupro, latrocínio e ocultação de cadáver. A denúncia foi aceita pela Justiça nesta quinta-feira (10).

De acordo com o laudo, Rodrigo atraiu Mariana para a chácara com a promessa de consertar o pneu do carro dela. Imagens de câmeras de segurança mostraram que o próprio Rodrigo esvaziou os pneus do veículo. Após ameaçar a vítima com uma faca, ele usou pedaços da blusa dela para vendá-la e amordaçá-la.

O laudo também diz que Mariana foi morta ainda na chácara, asfixiada com um pedaço da mesma blusa. Ainda segundo a denúncia do MP, após o crime Rodrigo, roubou o carro, a carteira da vítima com documentos pessoais, R$ 110 em dinheiro, o celular dela e uma caixa de som.

Na denúncia, o Ministério Público afirma que há provas da materialidade do crime e de autoria que implicam Rodrigo. O MP ressalta, ainda, que o acusado é multirreincidente – ele já cumpriu pena de 16 anos por roubo, sequestro, extorsão e latrocínio tentado, e havia saído da cadeia cerca de 30 dias antes do crime.

Relembre o caso

Mariana saía de uma academia em Bariri (SP) quando foi abordada por Rodrigo. Uma câmera de segurança da academia registrou quando Rodrigo chega perto dela. Segundo a amiga da vítima, Heloísa Passarello, foi o homem quem avisou que o pneu estava murcho. Ele estava com um celular quando ofereceu ajuda e insistiu para que ela aceitasse.

Nas imagens, dá para ver os dois conversando e, em seguida, Rodrigo atravessando a avenida e entrando em uma chácara, onde ele trabalhava como pintor.

Logo após a amiga deixar o local, Rodrigo volta e conversa mais um pouco com Mariana, até que ela entra no carro, dá volta na avenida e entra na chácara.

No imóvel, Rodrigo trocou o pneu do carro de Mariana. A jovem chegou a fazer uma foto dele trocando o pneu e mandou para parentes (relembre aqui).

Após a troca do pneu, o carro de Mariana aparece no vídeo deixando a chácara. A polícia diz que Rodrigo estava na direção do veículo.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários