Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 16/Set/2019 às 22:47 COMENTÁRIOS
Mulheres violadas

Ex-diplomata filmado espancando atriz recebe condenação pífia

Publicado em 16 Set, 2019 às 22h47

Empresário e ex-diplomata que transformou a vida da esposa em um inferno é condenado. Sérgio Schiller Thompson-Flores foi flagrado em vídeo desferindo socos e enforcando a mulher com um fio de telefone

ex-diplomata Atriz Cristiane Machado
Atriz Cristiane Machado era brutalmente espancada pelo marido

O empresário e ex-diplomata Sérgio Schiller Thompson-Flores foi condenado pela Justiça do Rio de Janeiro a três anos em regime semiaberto no processo das agressões à ex-mulher, a atriz Cristiane Machado.

“Entendo que a autoria e a materialidade do delito de lesão corporal restaram comprovadas pelo laudo de exame de corpo delito acostado aos autos e pelos depoimentos prestados em juízo”, escreveu a juíza Luciana Fiala de Siqueira Carvalho, do 5º Juizado de Violência Doméstica.

A defesa do ex-diplomata se pronunciou sobre a decisão. “A juíza afastou a lesão grave que Cristiane dizia ter sofrido e reconheceu a lesão leve. Mas, ainda assim, entendemos que a sentença merece ser recorrida. Então vamos recorrer, sim”, disse o advogado André Perecmanis.

O advogado Rafael Faria, que defende Cristiane, disse que “a condenação do réu faz desse processo um grande emblema para as mulheres vítimas do machismo e das relações abusivas. A Cristiane é vítima disso tudo.”

O caso se tornou público em novembro de 2018, com a divulgação das imagens em que ele aparece espancando a atriz, com quem era casado, com socos, tapas e tentativa de enforcamento.

Segundo Cristiane, as agressões começaram antes mesmo de se casarem e que, por medo, instalou câmeras no quarto. Além dos vídeos, a atriz mostrou fotos de seu corpo com hematomas após as brigas e disse que Thompson-Flores a ameaçava com uma faca e dizia que mataria toda a sua família em áudios.

VEJA TAMBÉM: A história não contada do ex-diplomata flagrado espancando atriz

Thompson-Flores chegou a ser preso, mas responde a quatro processos criminais que foram movidos por ela em liberdade. Ao jornalista Roberto Cabrini, em julho, o ex-diplomata negou ter agredido a ex-mulher e se diz inocente e injustiçado.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários