Redação Pragmatismo
Eleições 2022 04/Set/2019 às 16:00 COMENTÁRIOS
Eleições 2022

Bia Doria sai em defesa do marido após Bolsonaro chamá-lo de “ejaculação precoce”

Publicado em 04 Set, 2019 às 16h00

Bia, mulher de Doria, conclama a “família brasileira” após Jair Bolsonaro afirmar que seu marido é uma “ejaculação precoce”. Governador tucano também se manifestou

bia doria bolsonaro
João e Bia Doria

Bia, esposa de João Doria, não está nada feliz com a mais recente declaração de Jair Bolsonaro (PSL) a respeito de seu marido. É que o presidente chamou o governador tucano de “ejaculação precoce”.

A expressão de Bolsonaro foi usada dentro de uma previsão a respeito das eleições presidenciais de 2022. Para o atual mandatário, João Doria é carta fora do baralho na disputa.

Em seu perfil no Instagram, Bia Doria chamou as frases de Bolsonaro de “expressões chulas” e que elas “desrespeitam a família brasileira”.

“Como mulher, mãe e primeira-dama do Estado de São Paulo, repudio com veemência as declarações do Presidente da República, que usa expressões chulas, que ferem e desrespeitam a família brasileira e a importância do cargo que ocupa”, escreveu Bia.

Doria reage

O próprio João Doria também reagiu às recentes declarações do presidente Jair Bolsonaro. O governador de São Paulo comparou a postura de Bolsonaro à do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que desacreditou sua candidatura à prefeitura de São Paulo em 2016, quando o tucano foi eleito em primeiro turno.

“Lula também falava isso em 2016, quando eu me apresentei como pré-candidato do PSDB às prévias do meu partido. Para tristeza do hoje presidiário Lula, eu não só ganhei as eleições na capital como ganhei no primeiro turno de Fernando Haddad, candidato que Lula carregava no colo e dizia que seria facilmente reeleito. Portanto, de eleição, modéstia à parte, eu tenho vitórias que podem ser bem avaliadas no maior colégio eleitoral do país”, disse.

Desde o último fim de semana, o presidente já disse que Doria está “morto” para a disputa pelo Palácio do Planalto. Embora não admita ser candidato à Presidência, João Doria afirmou que não disputará a reeleição ao governo paulista e tem se movimentado como pré-candidato ao Planalto.

Além de desacreditar a candidatura presidencial de João Doria, Jair Bolsonaro divulgou recentemente uma lista de empresas que fizeram empréstimos junto ao BNDES para compra de jatos executivos, entre as quais uma firma de Doria.

Apesar da declaração nesta quarta-feira, o tucano e seus aliados vêm mantendo a posição de não responder às críticas e provocações do presidente.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários