Redação Pragmatismo
Preconceito social 03/Jun/2019 às 13:30 COMENTÁRIOS

Justiça condena youtuber que deu biscoito com pasta de dente a morador de rua

Youtuber é condenado a 15 meses de prisão após dar biscoito recheado com pasta de dente para morador de rua, que chegou a vomitar depois de ingerir o produto: "nunca fui tratado tão mal". Plataforma de vídeos informou que canal será bloqueado por cinco anos. Condenação ainda prevê indenização

youtuber reset condenado morador de rua
O youtuber ReSet (imagem: reprodução)

A Justiça de Barcelona, na Espanha, condenou o youtuber chinês ReSet por ele dar biscoitos recheados com pasta de dente a um morador de rua. A sentença determina o pagamento de uma indenização de R$ 87 mil por danos morais e 15 meses de prisão. No entanto, o jovem de 22 anos não será preso porque não tinha antecedentes criminais.

ReSet foi desafiado por um dos seguidores a trocar o recheio de um biscoito por pasta dental e oferecer a outras pessoas. No vídeo publicado em 2017, que não está mais no ar, ele mostrou todo o processo de adicionar a substância ao biscoito, colocá-lo de volta na embalagem e o momento em que entrega o pacote a um morador de rua de Barcelona.

“Talvez eu tenha ido um pouco longe, mas veja pelo lado positivo: isso vai ajudá-lo a limpar os dentes. Acho que ele não os limpou desde que ficou pobre”, comentou o youtuber, na época. O homem, de 52 anos, chegou a vomitar e disse ao jornal El País que “nunca foi tratado tão mal enquanto morava na rua”.

O vídeo se tornou alvo de polêmicas e foi apagado do canal de ReSet. Algum tempo depois, o youtuber fez visitas ao morador de rua. Em uma delas, gravou um vídeo falando que as pessoas exageram e são hipócritas ao criticarem piadas feitas com moradores de rua. “Se [a piada] fosse feita com uma pessoa normal, ninguém falaria nada”, alegou.

O nome verdadeiro de ReSet é Kanghua Ren. Embora tenha nascido na China, o jovem foi criado em Barcelona. Durante o julgamento, o jovem disse que o vídeo fazia parte dos “desafios” comuns ao seu canal e que tudo não passava “de brincadeira”. Ele lucrou quase R$ 10 mil apenas com o vídeo em questão.

Além de ter de pagar a indenização, ReSet foi banido do Youtube por cinco anos. Seu canal que tinha 1,2 milhão de inscritos será apagado e ele não poderá criar uma nova conta na plataforma durante o período do banimento.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Comentários