Redação Pragmatismo
Tráfico de Drogas 27/Jun/2019 às 16:55 COMENTÁRIOS

Ministro da Educação viraliza após tentar fazer piada com caso #BolsoNarcos

"Inacreditável um comentário desses vindo de um ministro da Educação. E olha que todos sabem que detesto Lula e Dilma". Tentativa de piada do ministro da Educação desagrada até conhecidos opositores das gestões petistas

ministro da educação tráfico lula dilma

Abraham Weintraub, ministro da Educação, tornou-se um dos assuntos mais comentados do Twitter após associar os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff ao transporte de drogas.

“No passado o avião presidencial já transportou drogas em maior quantidade. Alguém sabe o peso do Lula ou da Dilma?”, questionou Abraham Weintraub.

O comentário do chefe da pasta da educação brasileira foi feito dois dias após a prisão no aeroporto de Sevilha (Espanha) de um sargento da Aeronáutica brasileira que transportava 39 kg de cocaína no avião da FAB. O militar estava em “missão de apoio à viagem presidencial”, segundo o Comando da Aeronáutica, quando foi detido.

O termo “ministro da educação” se tornou o mais comentado da rede social no Brasil pouco tempo após o tuíte do ministro. Ontem, as palavras “militares” e “39 kg” ficaram praticamente o dia inteiro na lista de assuntos do momento do Twitter.

A “piada” do ministro recebeu críticas de membros da oposição e também de figuras como João Amoêdo, candidato à Presidência pelo Partido Novo:

“Ministro, não tenha compromisso com o erro, peça desculpas. Vamos trabalhar pela educação e pelos brasileiros, com a postura que se espera de um ministro de Estado”, postou Amoêdo.

O comentarista Rodrigo Constantino, crítico do PT, também repudiou o ministro: “Inacreditável um tweet desses do ministro da Educação. E olha que como todos sabem eu DETESTO Lula e Dilma. Mas há que se prezar um mínimo de liturgia do cargo”.

Weintraub não é o primeiro a se posicionar sobre a prisão do sargento. Também no Twitter, o ministro da justiça Sergio Moro afirmou que a situação “é uma ínfima exceção em corporação (FAB) que prima pela honra” e que “o caso será “devidamente apurado pelas autoridades espanholas e brasileiras”.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários

  1. Maria Borges Postado em 05/Jul/2019 às 16:20

    Pra se defenderem usam o PT,,Dilma e Lula. Que obsessão pelo PT. Por Dilma e Lula. Que baixo nível desse Ministro.

  2. C.Poivre Postado em 05/Jul/2019 às 16:20

    Este aí é um imbecil de carteirinha. Aliás já imaginaram o escarcéu que os bolsomínions fariam se os 39 QUILOS de cocaína fosse encontrados numa Universidade Pública?