Redação Pragmatismo
Barbárie 21/May/2019 às 09:49 COMENTÁRIOS

Empresário colecionador de armas executou morador de rua

Homem que desce de carro de luxo e executa morador de rua seria um empresário colecionador de armas. Polícia pediu a prisão do atirador, mas não divulgou o seu nome. Motorista também foi identificado

empresário colecionador de armas morador de rua
Câmera de segurança flagrou momento em que empresário executa morador de rua

A Polícia Civil já sabe quem é o homem que desceu de um veículo Mercedez Benz em Santo André (SP) e executou friamente um morador de rua indefeso na noite do último dia 11 de maio.

Segundo a investigação, o homem é um empresário e na residência dele foram encontradas duas armas que serão periciadas para saber se alguma delas foi usada no crime.

O nome do atirador não foi divulgado pela investigação. Policiais também informaram ter identificado o motorista do carro de luxo que levou o assassino. A identidade do comparsa também não foi divulgada. Ambos estão foragidos.

O morador de rua, Sebastião Lopes, de 40 anos, morreu na hora. Imagens de câmeras de segurança gravaram o homicídio. O motivo do crime ainda é apurado, mas uma das linhas consideradas pela investigação é a “higienização” — ricos que se sentem intocáveis pela Justiça praticando crimes contra pobres.

Nas imagens, é possível ver que o atirador desce do lado do passageiro de um automóvel de luxo prata. Em outro ângulo, a imagem mostra Sebastião caminhando pela rua quando é abordado pelo assassino, que dispara cinco vezes contra ele.

Os vizinhos que conheciam Sebastião contam que o morador de rua era uma pessoa tranquila. O aposentado Jobson Silva Santos afirmou que ele tinha o hábito de pedir comida e dinheiro. “Não tinha briga com ninguém. Não dá para entender como que o cara fez uma coisa dessa com aquele homem. Não dá. Covardia”.

A gerente de petshop Adriana Ferreira Sales é moradora da região há 20 anos e disse que Sebastião trabalhava como catador de lixos recicláveis. “Ele não mexia com ninguém, não roubava, ele trabalhava honestamente”.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Comentários