Redação Pragmatismo
Racismo não 10/Apr/2019 às 15:20 COMENTÁRIOS

Vídeo de homem ajudando idosa divide opiniões nas redes sociais

Para alguns, um retrato da generosidade do povo brasileiro em meio ao caos no Rio de Janeiro. Outros consideram que a cena não pode ser resumida com tanta simplicidade

homem ajuda idosa chuva rj

O retrato da generosidade do povo brasileiro ou a imagem da subserviência que é fruto de uma herança escravocrata?

O questionamento acima tomou as redes sociais após as cenas que mostram um homem negro ajudando uma idosa branca em meio ao caos provocado pelas chuvas no Rio de Janeiro.

Em Copacabana, o homem utiliza duas caixas de verdura para que a mulher pise sem que molhe os pés. É possível ouvir vozes ao fundo: “Eu nunca vi isso”, diz uma testemunha. “Só em Copacabana”, comenta uma mulher.

Apenas na página do grupo Jornalistas Livres no Instagram o vídeo foi assistido cerca de 75 mil vezes e recebeu mais de mil comentários.

Ao divulgar o conteúdo, o grupo escreveu a seguinte legenda: “O povo brasileiro é lindo, é generoso, é solidário, é maravilhoso. Querem que a gente pense o contrário disso”.

O ex-senador e ex-deputado federal Sibá Machado questionou: “Será que um dia, uma vez sequer, veremos uma cena como essa em situação inversa? Uma pessoa de pele branca ajudando uma pessoa de pele negra a atravessar a rua para não molhar o sapato?”

A maioria das pessoas seguiu o mesmo raciocínio:

“Subserviência, não gentileza! Um aspecto cultural que não sai, e que está mascarado…. de gentileza”, escreveu um internauta.

“Fiquei esperando que a senhorinha abraçasse agradecida o seu herói. Mas no final ela vai embora e sequer olha no rosto do rapaz generoso”, observou outro.

“As pessoas pobres que vieram da dureza da vida são como este homem, os que nasceram ricos não são assim, eles seriam capaz de passar com o carro e ainda te dá um banho”, comentou mais um usuário.

Algumas pessoas preferiram não problematizar o episódio e acompanharam o tom ameno da página.

“Gente, cabe lembrar que é uma senhora, branca privilegiada e tudo, mas ainda assim é uma senhora. Mas a carga social dessas imagens são bem pesadas eu não sei se gosto, mas a solidariedade desse rapaz em tempos difíceis é admirável”, publicou uma internauta.

Assista ao vídeo:

10 mortos

Dez mortos foram confirmados devido às chuvas que atingem o Rio de Janeiro. A cidade encontra-se em “estágio de crise” — o mais grave em uma escala de três níveis estabelecido pela prefeitura.

Segundo o sistema de Alerta da Prefeitura do Rio, a chuva deve se estender até pelo menos hoje à tarde, mas em menor intensidade.

Os bombeiros informaram que continuam atendendo ocorrências como quedas de árvores e salvamentos após inundações, desabamentos e deslizamentos, mas não divulgaram se ainda há desaparecidos.

As vítimas

3 pessoas morreram em uma casa no Morro da Babilônia, no Leme: as irmãs Doralice Nascimento, 58, e Gerlane Nascimento, 51, foram encontradas pela manhã; o corpo de Gilson Cezar Cerqueira, 42, no mesmo imóvel, foi retirado à noite.

3 pessoas foram soterradas em um táxi ao sair de um shopping em Botafogo: astróloga Lucia Neves, 64, e sua neta Julia Neves, 7, e o motorista Marcelo Tavares Marcelino, 42.

1 homem foi encontrado morto na Gávea – Guilherme Fontes, 30, teria se afogado na enchente ao cair da moto.

1 homem morreu eletrocutado ao tentar retirar a água de casa em Santa Cruz: Leandro Ramos Pereira, 40.

1 homem morreu no bairro de Santa Cruz, vítima de afogamento; sua identidade não foi divulgada.

1 homem foi achado em Guaratiba: ele não foi identificado, aparenta ter 30 anos e foi encontrado perto de uma ponte entre as avenidas Barão de Cocais e São José dos Campos.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Comentários