Redação Pragmatismo
Barbárie 08/Mar/2019 às 15:24 COMENTÁRIOS

Homem é flagrado estuprando a sogra de 101 anos de idade em PE

Homem é preso por estuprar sogra de 101 anos em Pernambuco. Esposa do autor do crime instalou câmera no quarto e flagrou violência sexual

homem estupra idosa sogra 101
(Imagem: Ilustração/Cvv.org)

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu um homem que foi flagrado estuprando a própria sogra, uma idosa de 101 anos de idade. O crime aconteceu na cidade de Pombos (PE).

A esposa do autor do crime há mais de 20 anos instalou uma câmera no quarto e registrou a violência sexual praticada pelo marido contra a sua mãe. Todos moravam na mesma casa.

A Polícia informou que José Bezerra da Silva, de 44 anos, confessou o crime durante depoimento prestado na delegacia. A prisão aconteceu nesta quinta-feira (7).

A filha da idosa contou que estava desconfiada do companheiro e, por isso, instalou as câmeras escondidas. Ao ver as imagens, ela procurou a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher para denunciar o caso.

José Bezerra foi autuado pelo crime de estupro de vulnerável e encaminhado para audiência de custódia. O agressor confessou ainda que praticava violência sexual contra a idosa há pelo menos 1 ano.

José Bezerra (imagem: divulgação)

Violência contra idosos

A violência contra idosos é definida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como “um ato único ou repetido, ou falta de ação apropriada, ocorrendo em qualquer relacionamento onde exista uma expectativa de confiança, que cause dano ou sofrimento a uma pessoa idosa”.

Por “relacionamento onde exista uma expectativa de confiança”, entende-se a proximidade do idoso com outras pessoas, como cônjuge, parceiro, filho ou outro familiar, amigo, vizinho ou cuidador, do qual dependa. A violência contra o idoso muitas vezes acontece no âmbito da violência doméstica ou familiar.

O Ministério dos Direitos Humanos brasileiro registrou mais de 33 mil casos de agressões a pessoas acima de 60 anos só em 2017. Um número que preocupa, ainda mais considerando o envelhecimento da população.

Na maioria das vezes, o idoso, por vergonha, medo de retaliações e até pela preocupação com possíveis penalidades ao abusador, não relata a violência.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários