Redação Pragmatismo
Governo 18/Feb/2019 às 22:16 COMENTÁRIOS

Bolsonaro divulga vídeo para evitar represália de Bebianno

Com o objetivo de estancar a crise e evitar alguma retaliação, o presidente Jair Bolsonaro divulgou um vídeo em que agradece Gustavo Bebianno pelos serviços prestados

Bolsonaro e Gustavo Bebianno
Bolsonaro e Gustavo Bebianno

Com o objetivo de estancar a crise e evitar alguma retaliação, o presidente Jair Bolsonaro divulgou um vídeo em que agradece Gustavo Bebianno (PSL) “por sua dedicação e seu esforço durante o período em que esteve no governo”.

“Continuo acreditando na sua seriedade e na qualidade do seu trabalho”, disse o presidente sobre o ministro demitido. As imagens foram divulgadas nas redes sociais de Bolsonaro antes mesmo da exoneração de Bebianno da Secretaria-Geral da Presidência.

A avaliação no Palácio do Planalto é que essa estratégia vai pacificar a relação e diminuir a mágoa gerada pela crise política no episódio, que envolveu Bebianno, o presidente e o vereador Carlos Bolsonaro.

Diante das mensagens públicas de “fritura” no transcorrer da semana passada, Bebianno passou a se queixar a aliados durante o fim de semana.

Segundo os jornalistas Lauro Jardim (O Globo) e Gerson Camarotti (GloboNews), ele disse a interlocutores que se arrependeu de ter viabilizado a eleição de Bolsonaro e que o presidente é “um louco” e “um perigo para o Brasil”.

Na última quinta-feira (14), em declaração à revista digital Crusoé, Bebianno já havia demonstrado que seria difícil continuar no governo.

O ex-ministro disse à publicação que seu chefe vinha lhe dirigindo ataques públicos porque estaria com “medo de receber algum respingo” da denúncia sobre uma candidata laranja em Pernambuco. “Não sou moleque, e o presidente sabe. O presidente está com medo de receber algum respingo”, fustigou.

Leia a íntegra do pronunciamento de Bolsonaro:

Comunico que, desde a semana passada, diferentes pontos de vista sobre questões relevantes trouxeram a necessidade de uma reavaliação. Avalio que pode ter havido incompreensões e questões mal-entendidas de parte a parte, não sendo adequado pré-julgamento de qualquer natureza.

Tenho que reconhecer a dedicação e comprometimento do senhor Gustavo Bebianno a frente da coordenação da campanha eleitoral em 2018. Seu trabalho foi importante para o nosso êxito. Agradeço ao senhor Gustavo pelo esforço e empenho quando exerceu a direção nacional do PSL e continuo acreditando na sua seriedade e qualidade do seu trabalho. Reconheço também sua dedicação e esforço durante o período que esteve no governo.

Como presidente da República comunico que, na data de hoje, tomei a decisão de exonerar o senhor ministro-chefe da Secretaria-Geral. Desejo ao senhor Gustavo Bebianno meus sinceros votos de sucesso em sua nova jornada.

SAIBA MAIS SOBRE A ‘CRISE BEBIANNO’ AQUI

VÍDEO:

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Comentários