Redação Pragmatismo
Política 21/Dec/2018 às 17:00 COMENTÁRIOS

Joice Hasselmann ocupará gabinete que foi de Lula

Deputada eleita Joice Hasselmann (PSL) ocupará gabinete que foi do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ironicamente, Kim Kataguiri também herdará gabinete de petista

gabinente joice hasselmann
Joice Hasselmann (Henrique Barreto/Futura Press)

Rafael Neves, Congresso em Foco

Figuras de direita entre os cinco mais votados do país para a Câmara nas últimas eleições, os deputados eleitos Kim Kataguiri (DEM-SP) e Joice Hasselmann (PSL-SP) herdarão gabinetes que foram ocupados por petistas.

O sorteio das salas foi feito nesta sexta-feira (21). Kim ficará com o gabinete que hoje é do deputado Sibá Machado (PT-AC), derrotado nas urnas em outubro.

Já o de Joice é atualmente ocupado por Nilson Leitão (PSDB-MT), líder dos tucanos na Câmara que já presidiu a bancada ruralista, mas o gabinete tem um componente histórico: já foi ocupado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quando ele passou pela Casa (1987 – 1991).

Joice foi duas vezes ao Twitter nesta sexta para falar do assunto. Primeiro, escreveu: “Rindo até 2022! A volta do cipó da aroeira no corpo de quem mandou dar! Chora esquerdalha!!!! O gabinete que foi de Lula agora é meu!”.

Diante da repercussão ao comentário, completou: “A tropa petista não se conforma com o fato de eu ocupar o gabinete que já foi de Lula. Vou despetizar qualquer resquício que tenha ficado do líder da maior quadrilha do país. Se algum petista quiser passar pela “conversão” à direita pode dar um pulinho lá”.

Kim também escreveu sobre ter ficado com a sala de Sibá Machado. “Não sei se fico triste pelo azar ou se fico feliz porque ele perdeu a eleição”.

O gabinete do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que deixará a Câmara após sete mandatos consecutivos, será ocupado por uma apoiadora: a ativista Carla Zambelli (PSL-SP), eleita com apoio de Bolsonaro.

Já uma nova liderança mais próxima da esquerda, Tabata Amaral (PDT-SP), que também estreia na Câmara, herdará o gabinete do deputado Chico Alencar (Psol-RJ), que não se elegeu para o Senado após ter conquistado quatro mandatos de deputado.

Outro nome da nova direita, Sargento Fahur (PSD-PR), o mais votado no Paraná em outubro, também ficou com o gabinete que hoje é de um petista: Pepe Vargas (PT-RS), que se elegeu deputado estadual no Rio Grande do Sul.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários

  1. Cleanto Beltrão de Farias Postado em 06/Jul/2019 às 14:03

    La Lôca!

  2. Zé Ironia Postado em 06/Jul/2019 às 14:03

    Foda-se o povo brasileiro.

  3. enganado Postado em 06/Jul/2019 às 14:03

    Vcs acham que agora o PUTEIRO está quase completo? Ah sim, quase ! Porque a putaria é tão grande que sempre cabe um FDP neste rendez-vous. Quem será o (a) próxima?

  4. Vinis Postado em 06/Jul/2019 às 00:33

    De crime ela entende muito bem, já que plágio é crime.