Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 21/Dec/2018 às 11:29 COMENTÁRIOS

Homem tenta invadir casa da ex-mulher para agredi-la e morre preso em muro

Homem que não aceitava fim do relacionamento tenta invadir casa da ex-mulher e morre preso em muro. Ele já havia conseguido invadir o local em outras ocasiões e agrediu a mulher. Dessa vez, ela acredita que o homem iria matá-la

homem morre muro casa ex-mulher
Ex-esposa já havia sido agredida outras vezes e tinha medida protetiva contra o homem

Um homem de 41 anos tentou invadir a casa da ex-esposa na última quarta-feira (19) para possivelmente agredi-la ou até matá-la, mas acabou perdendo a vida.

Era madrugada e o caso ocorreu na cidade de Belo Horizonte (MG), no bairro Belmonte. A Polícia Militar informou que o ex-marido da dona da casa já tinha histórico de violência e a mulher tinha medida protetiva contra ele.

Segundo a polícia, o agressor chegou a pular o muro do vizinho para tentar ter acesso à casa da ex-mulher. Porém, entre uma casa e outra tem um portão que estava trancado.

Ao tentar pular esse portão, ele ficou preso nos fincos de proteção e os ferimentos graves fizeram com que ele sangrasse até a morte.

De acordo com a mulher, os dois se separaram há 15 anos, mas ele nunca se conformou com o término do relacionamento e vivia ameaçando ela de morte.

O homem teria tentado invadir o local pelo menos quatro vezes. Quando conseguiu, agrediu a mulher. Dessa vez, ela acredita que ele iria matá-la. O SAMU ainda tentou salvar a vida do homem, mas sem sucesso.

Outros casos

Nesta quinta-feira (20), em Botucatu (SP), um homem de 42 anos colocou fogo na casa e no veículo da ex-mulher, que também tinha medida protetiva contra ele.

Segundo a polícia, guardas civis chegaram ao local e já viram a casa e um veículo em chamas e muita fumaça. Foi acionado o Corpo de Bombeiros, que chegou rapidamente.

O portão estava trancado e foi necessário forçar para entrar. Vizinhos informaram que a mulher e duas crianças conseguiram sair da casa, mas havia a possibilidade do agressor ainda estar na residência.

De acordo com os relatos, os guardas conseguiram chegar até os fundos do imóvel, momento em que um rapaz informou que o acusado tinha pulado o muro e fugido.

Com as características do agressor e apoio de várias viaturas foi possível localizá-lo próximo da residência. Ele foi detido e, em função de alguns ferimentos na cabeça e braços, foi acionado o Samu para fazer o socorro.

Ao ser indagado, ele informou que teve um desentendimento com sua esposa, ficou nervoso e ateou fogo no veículo e na casa.

Já mulher relatou aos guardas que estava separada de seu marido, que tinha medida protetiva contra ele, e que o mesmo chegou na casa a ameando de morte, com um machado nas mãos, momento em que o filho mais velho do agressor, de 20 anos, tentou contê-lo e conseguiu tirar o machado de sua mão.

Distrito Federal

Na última semana, a Polícia Militar do Distrito Federal prendeu um homem de 35 anos acusado de pular o muro da casa da ex-mulher, 28 anos, e ameaçá-la de morte.

Ele disse, entre outras barbaridades, que iria arrancar a cabeça da ex-companheira e da sogra, 70, que estava no local. O caso ocorreu em Santa Maria.

Segundo informações da PMDF, os militares foram acionados via rádio e, ao chegarem ao endereço, encontraram as vítimas acuadas. Ainda de acordo com a corporação, o agressor estava bastante alterado e disse na frente dos policiais que mataria as duas mulheres arrancando a cabeça delas.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Comentários