Redação Pragmatismo
Barbárie 19/Dec/2018 às 14:42 COMENTÁRIOS

Vídeo flagra homem ateando fogo em morador de rua

Imagens fortes: morador de rua é encharcado com combustível e queimado vivo por homem em Santos. "Foi uma coisa absurda, um caso de extrema agressão", diz testemunha que filmou o crime

homem ateia fogo morador de rua

Um crime bárbaro aconteceu na cidade de Santos (SP) na madrugada desta terça-feira (18). Franciel Santos da Silva, de 27 anos, ateou fogo em um morador de rua de 56 anos.

A vítima foi encaminhada para um hospital da cidade com queimaduras de 2ª grau e segue internada até o fechamento deste texto.

Uma pessoa flagrou a ação do agressor e registrou o crime em imagens. O cinegrafista amador acordou assustado com a gritaria no local e filmou o ato.

Franciel foi preso em casa e teria confessado o crime aos policiais. Ele alegou que o morador de rua havia roubado seu celular.

“Eu acordei com uma gritaria, uma discussão enorme. Quando fui na janela, vi o cara dizendo que o mendigo tinha roubado o celular dele. A vítima negava a todo instante. Eles discutiram por um tempo e o rapaz chegou a agredir ele com o capacete, chutou e o ameaçou de morte”, disse o homem que gravou o crime.

“Ele tacou fogo nele. Foi uma coisa absurda, um caso de extrema agressão. Se ele achava que o cara tinha assaltado ele, poderia apenas imobilizar e chamar a polícia”, lamentou o cinegrafista.

Câmeras de segurança mostraram que Franciel comprou um galão de etanol em um posto de combustíveis minutos antes de encharcar a vítima com o combustível e incendiá-la.

Com o intuito de não ser identificado, o rapaz, que ainda agrediu com socos e chutes o morador antes das imagens começarem a ser registradas, utilizou um capacete para cobrir o rosto.

Segundo a Prefeitura de Santos, o morador em situação de rua deu entrada na UPA Central por volta das 7h da manhã com queimaduras de 2º grau. Em seguida, ele foi transferido para a Santa Casa de Santos.

O hospital informou que o quadro dele é estável e que pelo menos um quarto do corpo dele sofreu queimaduras de segundo grau, principalmente cabeça e costas.

Franciel foi indiciado por homicídio qualificado tentado e permanece preso à disposição da Justiça. Ele já tinha passagem por agredir a namorada em 2017.

Vídeo:

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Comentários