Redação Pragmatismo
Eleições 2018 30/Oct/2018 às 17:24 COMENTÁRIOS

"É uma pessoa alegre e bem humorada", diz Dias Toffoli sobre Bolsonaro

Dias Toffoli, presidente do STF, diz que Jair Bolsonaro é ‘pessoa alegre e bem humorada’ e aguarda por encontro

dias toffoli bolsonaro pessoa alegre e bem humorada

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, afirmou nesta segunda-feira (29) que o presidente da República eleito, Jair Bolsonaro (PSL), é uma pessoa “alegre e bem humorada“. Segundo Toffoli, os dois devem se encontrar na próxima semana.

Ainda na noite deste domingo (28), após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmar o resultado da eleição, Toffoli telefonou para Bolsonaro e o parabenizou pela vitória no segundo turno.

Conforme o TSE, Bolsonaro recebeu 57,7 milhões de votos (55,13%) e Fernando Haddad (PT), 47 milhões de votos (44,87%).

Capitão da reserva do Exército, Bolsonaro é deputado federal desde 1991 e disputou da Presidência da República pela primeira vez.

Logo após após a confirmação do resultado, afirmou que fará o governo “defensor da Constituição, da democracia e da liberdade“.

Hora de ouvir

Questionado nesta segunda-feira se o Poder Judiciário tem algum pedido a Bolsonaro, Dias Toffoli disse que a hora é de ouvir.

Relatou, em seguida, que ele e a presidente do TSE, Rosa Weber, telefonaram para Bolsonaro na noite de domingo (28).

No telefonema, acrescentou o presidente do STF, Bolsonaro disse que passará nos próximos dias no Supremo para “dar um abraço“.

Telefonema para Haddad

Toffoli disse também que ele e Rosa Weber ligaram para o candidato derrotado no segundo turno, Fernando Haddad, mas a ministra esqueceu de passar o telefone para ele e, por isso, não conversou com o candidato do PT.

Internautas reagiram à fala de Toffoli:

A subserviência é um espetáculo um tanto deprimente de se ver. Esse vai ser um dos personagens centrais da farsa“, escreveu um usuário.

Que coincidência. O chefe da gestapo e das SS diziam o mesmo do Adolf Hitler“, lembrou outro.

Leia também:
Ministro Dias Toffoli proíbe Lula de dar entrevistas
Por 7 votos a 4, ministros do STF aumentam os próprios salários para R$ 39 mil
A origem do ódio de juízes e procuradores a Lula
Lula a Toffoli: “Se não fosse Gilmar Mendes, você estaria f….”
Por que Noblat passou a amar Dias Toffoli?

Mariana Oliveira e Luiz Felipe Barbiéri, Agência Globo

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários